CONSERVAÇÃO IN VITRO E EX SITU E VALORIZAÇÃO DE ENDEMISMOS IBÉRICOS DAS APIACEAE PORTUGUESAS

Ana Cristina Pessoa Tavares dos Santos

Objetivos

O objetivo principal deste trabalho foi o estudo de taxa de Apiaceae característicos da flora portuguesa, em termos de conservação e de produção de óleos essenciais de possível interesse. Deste modo, estabeleceram-se protocolos de micropropagação para a clonagem dos taxa prioritários e foram caracterizados os óleos essenciais, tendo em alguns casos sido avaliado o seu potencial bioativo. As razões que levaram à escolha destes taxa decorreram, por um lado do seu estatuto endémico, mas tiveram também em conta o seu potencial económico no que diz respeito à produção de óleos essenciais. Para concretizar este objetivo mais lato foram prosseguidas três linhas de investigação principais, nomeadamente:

  1. a identificação e estudo das Apiaceae endémicas da Península Ibérica, presentes em Portugal, em termos da sua distribuição;
  2. o estabelecimento de protocolos de micropropagação, para a conservação ex situ, in vitro e in situ, em particular dos taxa mais raros;
  3.  e a caracterização e avaliação da atividade antifúngica dos óleos essenciais.

Em cada linha de investigação estabeleceram-se objetivos mais específicos como se indica nas secções seguintes.

1 - Identificação das Apiaceae endémicas ibéricas em Portugal.
A análise da distribuição das espécies alvo baseou-se nos dados disponíveis nas diferentes Floras consultadas, na verificação de material de Herbário e de outra documentação científica, apoiada no estudo dos carateres morfológicos e recorrendo a outras metodologias (bioquímicas) para o diagnóstico taxonómico. A avaliação da vulnerabilidade dos taxa e dos seus ciclos vegetativos foi fundamental para a calendarização das datas de colheita que foi criteriosa e sustentada, com prioridade para as sementes e plantas das espécies de distribuição geográfica mais restrita, a recolher nos respetivos nichos ecológicos. Todo o material-testemunho foi preparado para depósito no Herbário COI, e as sementes recolhidas foram conservadas no Banco de Sementes do Jardim Botânico de Coimbra e enviadas para outras instituições congéneres (Banco Português de Germoplasma, Jardim Botânico da Universidade de Lisboa e Millenium Seed Bank).

2 - Propagação in vitro e conservação ex situ.
Para cada um de cinco taxa foram testados diferentes explantes e meios de cultura com vista ao estabelecimento de protocolos que permitissem a propagação in vitro dos taxa prioritários por algumas das técnicas de micropropagação normalmente usadas para este efeito. Devido ao facto de observações preliminares terem mostrado que durante o processo de cultura in vitro de Daucus carota subsp. halophilus surgiam com frequência flores, foi também traçado como objetivo desenvolver um protocolo com vista à otimização das condições de floração in vitro neste taxon. Uma vez que o êxito da micropropagação depende da transferência com sucesso das plantas para condições de campo, um dos objetivos desta fase foi também determinar as condições para uma eficaz aclimatização das plantas produzidas in vitro. Finalmente, sempre que possível, fez-se a reintrodução das plantas micropropagadas nos habitats naturais com o objetivo de seguir o seu comportamento comparativamente às plantas nativas.

3 - Caracterização química e avaliação da atividade antifúngica dos óleos essenciais.
Com o objetivo de valorizar as espécies alvo deste trabalho foram caraterizados os óleos essenciais de cinco taxa e determinada a atividade antifúngica contra leveduras, dermatófitos e Aspergillus. A identificação de compostos bioativos é vantajosa não apenas em termos de aplicabilidade prática, mas pode também revelar-se um importante auxiliar em programas de conservação. Para além disso, os óleos essenciais são reconhecidos marcadores podendo ser utilizados numa perspetiva quimiotaxonómica, com o consequente aumento da fiabilidade na caracterização dos taxa, tornando mais aceitável a conservação de espécies com potencial valor económico.

As atividades de investigação foram desenvolvidas em dois Centros de Investigação da Universidade de Coimbra: Centro de Ecologia Funcional da Faculdade de Ciências e Tecnologia e Centro de Estudos Farmacêuticos da Faculdade de Farmácia.

Página anterior

Volver al índice

Página siguiente

Volver al índice

Enciclopedia Virtual
Tienda
Libros Recomendados


1647 - Investigaciones socioambientales, educativas y humanísticas para el medio rural
Por: Miguel Ángel Sámano Rentería y Ramón Rivera Espinosa. (Coordinadores)

Este libro es producto del trabajo desarrollado por un grupo interdisciplinario de investigadores integrantes del Instituto de Investigaciones Socioambientales, Educativas y Humanísticas para el Medio Rural (IISEHMER).
Libro gratis
Congresos

4 al 15 de diciembre
V Congreso Virtual Internacional sobre

Transformación e innovación en las organizaciones

11 al 22 de diciembre
I Congreso Virtual Internacional sobre

Economía Social y Desarrollo Local Sostenible

Enlaces Rápidos

Fundación Inca Garcilaso
Enciclopedia y Biblioteca virtual sobre economía
Universidad de Málaga