CONSERVAÇÃO IN VITRO E EX SITU E VALORIZAÇÃO DE ENDEMISMOS IBÉRICOS DAS APIACEAE PORTUGUESAS

Ana Cristina Pessoa Tavares dos Santos

Seseli montanum subsp. peixotoanum

Proliferação de meristemas

Os ápices caulinares das plântulas (5 mm) foram cultivados em meio MS suplementado com 0,1, 1 e 2 mg/L BA e 3% de sacarose. O meio base MS foi usado como controlo.
O número de rebentos formados a partir dos meristemas apicais foi registado após 4 semanas de cultura e o explante inicial (parte basal do rebento formado in vitro - stump) foi inoculado por mais 4 semanas, sob as mesmas condições de cultura, e feito novo registo desta segunda inoculação.

Enraizamento

Os rebentos isolados (2,0-3,0 cm) formados nas condições referidas foram induzidos a formar raiz em meio MS ou no mesmo meio base (completo ou ½ da concentração base) sem reguladores de crescimento.
Nas plântulas de Seseli o pH do meio de cultura foi ajustado para 6,2, valor acima do habitual 5,8, em que não se verificou resposta consistente.
Nas plântulas enraizadas (comprimento da raiz de pelo menos 2 cm) o enraizamento foi avaliado após um mês ou mês e meio de cultura.
As plântulas com um comprimento de, pelo menos de 6 cm, foram retiradas dos tubos de ensaio, separadas e aclimatizadas num fitotrão, em vasos contendem uma mistura 1:1 de terra de jardim e de areia, durante, pelo menos um mês e meio, antes de serem transferidas para condições de exterior, no Jardim Botânico.

Embriogénese somática

Segmentos foliares (0,5-1,0 cm de comprimento) foram cultivados no mesmo meio base contendo 0,1, 1 e 2 mg/L de 2,4-D. Decorridos 4 meses de cultura ocorreu a formação de calos, com repicagens mensais para o mesmo meio, tendo sido contabilizados no final deste período de cultura.
Os calos nodulares foram repicados para meios com igual composição de 2,4-D, tendo-se verificado a produção desfasada de embriões somáticos, consoante a concentração de 2,4-D; a avaliação da indução de embriões foi concretizada em todos os meios ao final de 4 meses de cultura em 2,4-D.
Para a conversão de embriões em plântulas, os embriões somáticos cotiledonares, com pequenas porções de calos, foram transferidos para o meio base MS.
Algumas porções de calos embriogénicos foram subdivididas e de novo cultivadas em meios com 2,4-D, para manutenção do potencial embriogénico dos calos.
Dada a diferente resposta in vitro das culturas em 2,4-D com diferentes concentrações, a quantificação do número de embriões e de plântulas foi feita apenas no meio com 0,1 mg/L 2,4-D, seguindo as diferentes etapas.

Assim, nas culturas com esta concentração (0,1 mg/L) avaliou-se o número de calos formados após 4 meses. De seguida, decorridos 4 meses no mesmo meio, determinou-se o número de embriões formados. Repicados para meios MS para germinação dos embriões e desenvolvimento em plântulas, contabilizou-se o número de plântulas formadas após 3 meses.
As plântulas foram por fim deixadas nos tubos de ensaio, para prosseguir o alongamento da raiz durante 8 a 15 dias, sendo depois lavadas e deixadas apenas com água destilada.
As plântulas com um comprimento de, pelo menos de 6 cm, foram retiradas dos tubos de ensaio, separadas e aclimatizadas num fitotrão, em vasos contendo uma mistura 1:1 de terra de jardim e de areia, durante, pelo menos mês e meio, antes de serem transferidas para condições de exterior, no Jardim Botânico.

Página anterior

Volver al índice

Página siguiente

Volver al índice

Enciclopedia Virtual
Tienda
Libros Recomendados


1647 - Investigaciones socioambientales, educativas y humanísticas para el medio rural
Por: Miguel Ángel Sámano Rentería y Ramón Rivera Espinosa. (Coordinadores)

Este libro es producto del trabajo desarrollado por un grupo interdisciplinario de investigadores integrantes del Instituto de Investigaciones Socioambientales, Educativas y Humanísticas para el Medio Rural (IISEHMER).
Libro gratis
Congresos

9 al 23 de octubre
VI Congreso Virtual Internacional sobre

Arte y Sociedad: Paradigmas digitales

16 al 30 de octubre
II Congreso Virtual Internacional sobre

Migración y Desarrollo

1 al 15 de noviembre
II Congreso Virtual Internacional sobre

Desigualdad Social, Económica y Educativa en el Siglo XXI

4 al 15 de diciembre
V Congreso Virtual Internacional sobre

Transformación e innovación en las organizaciones

11 al 22 de diciembre
I Congreso Virtual Internacional sobre

Economía Social y Desarrollo Local Sostenible

Enlaces Rápidos

Fundación Inca Garcilaso
Enciclopedia y Biblioteca virtual sobre economía
Universidad de Málaga