CONSERVAÇÃO IN VITRO E EX SITU E VALORIZAÇÃO DE ENDEMISMOS IBÉRICOS DAS APIACEAE PORTUGUESAS

Ana Cristina Pessoa Tavares dos Santos

Atividade antifúngica

A atividade antifúngica dos óleos essenciais e de alguns dos seus compostos principais foi avaliada pelo método das macrodiluições contra diferentes estirpes de fungos (de coleção e clínicas) responsáveis por candidíases, infeções respiratórias e dérmicas, de acordo com os protocolos da CLSI (Clinical and Laboratory Standards Institute) M27-A3 (CLSI, 2008a), M27-S3 (CLSI, 2008b) e M38-A2 (CLSI, 2008c) para leveduras e fungos filamentosos, respetivamente. 
Foram determinadas a concentração mínima inibitória (CMI) e a concentração mínima letal (CML), sendo estas as concentrações mínimas de óleo essencial que inibem o crescimento dos fungos ou lhes são letais, respetivamente.
As estirpes utilizadas foram as seguintes:
- 6 estirpes de leveduras (Candida albicans, C. tropicalis, C. krusei, C. guillermondii, C. parapsilosis, Crytococcus neoformans)
- 5 estirpes de dermatófitos (Epidermophyton floccosum, Trichophyton rubrum, T. mentagrophytes, Microsporum canis, M. gypseum)
- 3 estirpes de Aspergillus (A. niger, A. fumigatus, A. flavus).

As diversas diluições de cada óleo essencial, ou dos seus compostos principais, foram preparadas em DMSO (dimetil sulfóxido), de modo a obter concentrações finais de 0,08 a 20μL/mL. A concentração final de DMSO nunca excedeu 2 %. Culturas recentes de cada estirpe foram utilizadas para preparar a suspensão celular ajustada para 1-2 × 103 células/mL para leveduras e 1-2 × 104 células/mL para fungos filamentosos. A concentração de células foi confirmada pela contagem de viáveis em meio Sabouraud (Sabouraud Dextrose Agar). Os tubos de ensaio foram incubados aerobicamente a 35ºC por 48 h/72 h (Candida spp. e Aspergillus spp./Cryptococcus neoformans) e a 30ºC por 7 dias (dermatófitos). Terminado o tempo de incubação procedeu-se à leitura da CMI.
Para avaliar a CML, plaquearam-se em meio Sabouraud 20 μL de cada tubo em que não se registou crescimento (após a leitura da CMI). Foram depois incubadas por 48 h a 35ºC (Candida spp. e Aspergillus spp.), 72 h para Cryptococcus neoformans e 7 dias a 30ºC (dermatófitos). Além disso, dois antifúngicos de referência, anfotericina B (Fluka) e fluconazol (Pfizer) foram utilizados para controlar a sensibilidade dos microrganismos testados. Todos os testes foram realizados em meio RPMI. Para cada estirpe testada, as condições de crescimento e a esterilidade do meio foram testadas com tubos de controlo. A inocuidade do DMSO também foi verificada na maior concentração testada. Todas as experiências foram realizadas em triplicado e repetidas se os resultados diferiam.

Página anterior

Volver al índice

Página siguiente

Volver al índice

Enciclopedia Virtual
Tienda
Libros Recomendados


1647 - Investigaciones socioambientales, educativas y humanísticas para el medio rural
Por: Miguel Ángel Sámano Rentería y Ramón Rivera Espinosa. (Coordinadores)

Este libro es producto del trabajo desarrollado por un grupo interdisciplinario de investigadores integrantes del Instituto de Investigaciones Socioambientales, Educativas y Humanísticas para el Medio Rural (IISEHMER).
Libro gratis
Congresos

17 al 31 de enero
I Congreso Virtual Internacional sobre

Economía Social y Desarrollo Local Sostenible

15 al 28 de febrero
III Congreso Virtual Internacional sobre

Desafíos de las empresas del siglo XXI

15 al 29 de marzo
III Congreso Virtual Internacional sobre

La Educación en el siglo XXI

Enlaces Rápidos

Fundación Inca Garcilaso
Enciclopedia y Biblioteca virtual sobre economía
Universidad de Málaga