A PERCEPÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL SOBRE SUSTENTABILIDADE E TRABALHO.

THE PERCEPTION OF PEOPLE WITH VISUAL DISABILITIES ON SUSTAINABILITY AND WORK.

Fecha recibido: 01/06/2021 | Fecha publicado: 10/06/2021 | Fecha corregido: 10/06/2021 |

Autores

Msc. Rebecca de Albuquerque Castro, Dra. Simone Ferreira Teixeira

RESUMO

No Brasil, 8,3% da população brasileira tem ao menos um tipo de deficiência severa, sendo a deficiência visual a que apresenta maior frequência dentre as deficiências (3,46%). O direito dessas pessoas à inclusão no mercado de trabalho, no Brasil, está garantido pela Lei Federal nº8.213/91, que obriga as empresas com mais de cem funcionários a contratar pessoas com deficiência. Essa pesquisa teve como objetivo tratar da percepção de pessoas com deficiência visual sobre o desenvolvimento sustentável, vinculado ao tema inclusão no trabalho. Os participantes da pesquisa foram pessoas com deficiência visual que frequentam o Instituto de Cegos Antônio Pessoa de Queiroz e a Associação Pernambucana de Cegos (APEC), num total de 22 indivíduos. A amostragem foi não probabilística, por conveniência e adesão; a metodologia utilizada foi a quali-quantitativa, com uso de formulário preenchidos pelo pesquisador. A maioria dos entrevistados foram homens, com ensino médio completo, com deficiência visual congênita e que percebem até 01 (um) salário mínimo mensalmente. A percepção de 08 entrevistados sobre sustentabilidade e inclusão no trabalho, que responderam espontaneamente sobre o assunto, foi o da necessidade da possibilidade da inclusão das pessoas com deficiência visual no emprego formal. Os mesmos enfatizaram que para existir sustentabilidade as empresas devem considerar as potencialidades de cada pessoa. Além disso, a maioria dos entrevistados perceberam que dentre todas as deficiências, a deficiência visual é a mais excluída do mercado de trabalho. Também citaram que as empresas, ao contratar pessoas com deficiência visual, elegem as pessoas com deficiência monocular ou acuidade visual melhor, em relação aquelas que tenham cegueira. Conclui‑se que a percepção sobre a baixa contratação de pessoa com deficiência visual pode estar relacionada à baixa escolaridade e/ou aos empregadores associarem a ausência do sentido da visão com incapacidades laborais. Isto indica a necessidade de capacitação deste público para a sua inclusão no trabalho.

Palavras-chave: deficiente visual, baixa visão, cegueira, emprego, mercado de trabalho.

THE PERCEPTION OF PEOPLE WITH VISUAL DISABILITIES ON SUSTAINABILITY AND WORK

ABSTRACT

In Brazil, 8.3% of the Brazilian population has less than one type of severe disability, being a visual impairment that presents a higher frequency among disabilities (3.46%). These people's right to inclusion in the labor market in Brazil is guaranteed by Federal Law No. 8,213/91, which guarantees companies with more than 100 employees to hire people with disabilities. This research aimed to address the perception of people with visual impairments on sustainable development, related to the theme of inclusion at work. The research participants were visually impaired people who attend the Instituto de Cegos Antônio Pessoa de Queiroz and the Associação Pernambucana de Cegos (APEC), in a total of 22 individuals. The study analyzed deals with non-probabilistic sampling by convenience and free participation; a methodology used was quali-quantitative, with the use of forms filled out by the respondent. Most of the interviewees were men, with complete high school, with visual impairment and perception up to 01 minimum wage monthly. A perception of 08 interviewees about sustainability and inclusion at work, who answered questions about subjects, was the need to allow the inclusion of visually impaired people in formal employment. They emphasized the existence of sustainability as companies must consider each person's potential. In addition, the majority of respondents realized that among the disabilities, visual impairment is more excluded from the job market. They also cited that companies hire more people with monocular visual impairments or those with better visual acuity than those who have congenital total blindness. We concluded that the perception about the low hiring of people with visual impairment may be related to low education and/or to employers associating the absence of a sense of sight with work disabilities. This indicates the need for training this individuals for their inclusion in the labor market.

Key words: visual impairment, low vision, blindness, employment, labor market.


Para citar este artículo puede utilizar el siguiente formato:

Msc. Rebecca de Albuquerque Castro, Dra. Simone Ferreira Teixeira (2021). "A PERCEPÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL SOBRE SUSTENTABILIDADE E TRABALHO.".RILCO. ISSN: 2659-5494 (Año 3, Nº 10 Mayo 2021).
En linea:
https://www.eumed.net/es/revistas/rilco/10-mayo21/pessoas-deficiencia-visual

Abrir PDF
Esta revista provee acceso libre inmediato a su contenido bajo el principio de poner disponible gratuitamente toda la información posible.

Este obra está bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.