A visão estratégica do Terceiro Setor, sua formação e atuação na gestão de projetos sociais: Um estudo de caso na Fundação Arte de Educar Amazônia.

A visão estratégica do Terceiro Setor, sua formação e atuação na gestão de projetos sociais: Um estudo de caso na Fundação Arte de Educar Amazônia.

Vanessa Mesquita De Souza

Volver al índice

1.2 OBJETIVOS

1.2.1 Objetivo geral

Demonstrar como o terceiro setor pode contribuir para o crescimento social, político e econômico do país, apontando as principais estratégias que são utilizadas por uma associação no gerenciamento dos projetos sociais desenvolvidos que venham contribuir para qualidade de vida da sociedade.

1.2.2Objetivos Específicos

- Mostrar quais os passos necessários para constituição de uma associação identificando as principais leis que as regem;

- Identificar como um planejamento estratégico pode contribuir com as organizações do Terceiro Setor

- Demonstrar o perfil do administrador para gerenciar uma associação do terceiro setor.

1.3 JUSTIFICATIVA

Toda contribuição de crescimento do Terceiro Setor, alavancou com a Constituição de 1988, pois a ênfase no lado humanista foi destaque, mais tarde fortificada pelo neoliberal presidente da república Fernando Henrique Cardoso, que desenvolveu e incentivou as organizações não governamentais denominadas de Terceiro Setor. Ainda na mesma linha de pensamento, não podemos deixar de citar a globalização, não só no sentido de fenômeno econômico, mas também na velocidade da informação, que trouxe verba a nível mundial para este segmento.

Considerando as condições de incentivos do estado para o terceiro setor, temos a crença acadêmica que, muito há de contribuir, uma pesquisa diretamente focada não ao todo, mas para uma organização deste segmento, para que seja bem fixado o processo teórico- pratico visto no período acadêmico. Sendo assim, também levaremos em consideração o processo jurídico de constituição de uma organização do terceiro setor, visto que, faz-se necessário entendermos de que forma o terceiro setor é constituído e quais suas obrigações com a sociedade.

Este segmento atua na prestação de serviços e na elaboração das soluções dos problemas sociais que são de natureza publica, mas que dizem respeito a interesses sociais, em decorrência do terceiro setor ser tão diversificado aponta-se a importância da gestão dentro de uma organização não governamental, no qual serão utilizadas as ferramentas de planejamentos para dar suporte e confiabilidade para um bom gerenciamento dos processos administrativos e projetos sociais de uma ONG.

A maioria das empresas que atuam neste setor por falta de verbas, não possui profissionais qualificados, ou seja, um administrador que possa nortear os rumos estratégicos de uma organização não governamental. Sendo assim pontuamos uma das importâncias que nos leva a desenvolver uma pesquisa com tal foco.

É interessante ressaltar, que por meio desta, poderemos também identificar a relevância do terceiro setor para o desenvolvimento e equilíbrio social do país, analisando as formas pelo qual o nosso estado contribui para expansão deste segmento.

O terceiro setor constitui-se por organizações sem fins lucrativos e não governamentais, tendo como principal objetivo prestar serviços de caráter público, que impulsione uma ampla quantidade de recursos humanos e matérias a fim de estimular essas iniciativas, logo, por meio de uma pesquisa cientifica, com métodos e formas adequados, poderemos também comprovar se realmente o perfil dos que administram tais organizações se encaixam nos perfis de um “ser público”, como rege os princípios constitucionais descritos no artigo 47 da Constituição Federal, e quiçá propor um modelo de gestão por excelência para os profissionais da organização objeto deste estudo.

O terceiro setor é uma combinação de princípios e interesses das instituições públicas e privadas onde, constitui-se uma estrutura de redirecionamento de verbas, o qual somos sabedores que são áreas onde o Estado possui lacunas e impasse de alcançá-las.

As ações deste segmento partem da sociedade civil desempenhando o sentido da filantropia, a qual acentua a apreensão e o reconhecimento para com o próximo. As organizações não governamentais vêm precisamente prover a necessidade da comunidade, atendendo-a através de projetos sociais desenvolvidos dentro da organização, e juntamente com a sociedade, o principal objetivo destes projetos é gerar emprego e renda, através da disponibilização de cursos e treinamento que servirão para capacitar e qualificar os integrantes das comunidades, propiciando assim uma melhor qualidade de vida.

Considerando estes fatos é que fixamos nosso pensamento acadêmico, de que somente com um planejamento estratégico bem estruturado é que uma organização deste setor poderá atuar fazendo o papel do estado.

Percebe-se que, o terceiro setor vem justamente para assumir um papel de fundamental importância com a parte da sociedade, onde existem falhas do setor público em garantir pelo menos o básico de qualidade de vida para as comunidades, as quais sofrem por problemas sociais, tais como: educação, religiosidade, marginalidade, meio ambiente, transporte, saneamento básico e outros índices relevantes para este estudo.

Todavia, as organizações não governamentais, dependem das doações e convênios que são firmados por entidade de pessoas físicas, jurídicas, empresas privadas e públicas, outra forma de obter recursos para este segmento. É promovendo eventos como: festas beneficentes e bazares, essas organizações trabalham e dependem do apoio voluntario de pessoas para ajudar dentro destes eventos e na própria organização dos projetos.

O terceiro setor pela sua forma de atuação acaba tendo um caráter estratégico, pois se preocupa em resgatar os valores humanos, combatendo a desigualdade, a fome, resumidamente pode-se dizer que este setor vem resgatar junto à sociedade o comprometimento e a solidariedade humana. Como já citamos anteriormente busca-se cada vez mais envolver estas comunidade e dar-lhes o direito à democracia.

Embora os estudos sobre terceiro setor pareçam abrangentes, esta pesquisa acadêmica deverá investigar de que forma podemos constituir uma organização não governamental, os seus processos jurídicos, as leis que regem este segmento, as estratégias e ferramentas utilizadas pelo administrador para captação de recursos que serão utilizados no gerenciamento dos projetos sociais desenvolvidos dentro de uma ONG, o qual vem contribuir para o crescimento politico, econômico e social do país e garantir a qualidade de vida da comunidade o qual atuará este segmento.