Tesis doctorales de Economía


ESTUDO COMPARATIVO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DA INDÚSTRIA DA CERÂMICA DE REVESTIMENTO VIA ÚMIDA NO BRASIL E NA ESPANHA

Yolanda Vieira de Abreu



Esta página muestra parte del texto pero sin formato.
Puede bajarse la tesis completa en PDF comprimido ZIP (119 páginas, 722 kb) pulsando aquí

 

 

 

1. Introdução

A partir da crise energética da década de setenta e das principais conferências sobre meio ambiente, como a de 1972 realizada em Estocolmo; a de 1992 no Brasil e a de Quioto realizada em 1997, iniciou-se uma mudança de comportamento em relação ao consumo e utilização da energia. Tal processo de mudança levou à busca do desenvolvimento de critérios para substituir principalmente o petróleo e as outras fontes de energia fósseis e a promover o uso das energias alternativas e a eficiência energética.

Na década de setenta esse processo visava diminuir o peso da conta de petróleo na balança de pagamento dos países importadores. A partir da década de oitenta, além disso, crescia o interesse pelo desenvolvimento sustentável e sobretudo com a preservação dos recursos naturais e com a mudança do clima, provocadas pelo uso indiscriminado das fontes de energia.

A energia é um insumo ou produto, dependendo do uso final, de extrema importância para o desenvolvimento de qualquer sociedade. A partir das restrições econômicas e ambientais e a dificuldade de substituição do petróleo e dos combustíveis fósseis para gerar energia, consagrou a importância do estudo e aplicação da eficiência energética em todos os níveis de produção, consumo e distribuição da mesma.

Os critérios de escolha dos energéticos, para um determinado uso têm sido, em função dos seguintes itens:
· tecnologia;
· preço;
· disponibilidade no local;
· segurança de fornecimento e
· minimização do investimento fixo nas instalações.

Além destes critérios tem crescido a preocupação com os custos para o meio ambiente, já que a sociedade global está se organizando para cobrar dos que poluem o ar e utilizam os recursos naturais de maneira indiscriminada. Esta nova exigência, consolidada no Protocolo de Quioto, mesmo que não tenha sido assinado por todos os países, criou a necessidade das empresas incorporarem em suas previsões de custos o de poluição ou de mitigação.

Os países mais desenvolvidos, que são os maiores poluidores em todos os sentidos, têm se preocupado nas últimas décadas, em desenvolverem vários tipos de indicadores para medir o crescimento da eficiência energética e a incentivar as empresas a poluírem menos.

Este trabalho tem por objetivo desenvolver indicadores que possam medir a eficiência energética na industria e também medir quanto o crescimento econômico e o desenvolvimento tecnológico de uma indústria, pode influenciar para a diminuição da intensidade energética e melhora da eficiência energética. Em virtude deste objetivo foi escolhido um segmento da indústria brasileira e para efeito de comparação foi escolhido o mesmo segmento industrial de um outro país, com características políticas e econômicas parecidas: a Espanha. O segmento escolhido, para aplicação dos indicadores de eficiência energética, foi o da indústria de cerâmica para revestimento, com processo de produção via úmida.

O segmento produtivo e o país escolhido são resultados da necessidade de comparação entre aqueles com características semelhantes e expressiva representação de suas indústrias em relação ao comércio internacional e à produção mundial.

Uma observação que deve ser frisada, é que tanto o Brasil quanto a Espanha, além de serem grandes produtores deste tipo de cerâmica, apresentam semelhanças de política econômica e social, por terem aplicado o receituário neoliberal imposto pelo FMI e pelo Banco Mundial. Tal atitude teve como conseqüência para ambos, recessão, desemprego, abertura da economia, reestruturação produtiva entre outras, que levaram a pesquisadora a escolher esse país, ao invés de outros possíveis. Neste caso a comparação se torna mais verídica, porque esse segmento industrial, tanto de um país como de outro, foi exposto a um cenário político, econômico e social muito parecido; o que poderá ser verificado, portanto, se os resultados foram os mesmos para este segmento industrial ou não, em relação ao crescimento econômico e a eficiência energética.

As metas e os objetivos específicos deste estudo são as seguintes:

• Pesquisar e descrever os tipos de indicadores de eficiência energética que são mais utilizados e descritos na bibliografia disponível sobre este assunto.

• Pesquisar os consumo energéticos das empresas brasileiras e espanholas do segmento de cerâmica para revestimento com produção via úmida.

• Estudar o processo produtivo desse segmento industrial e verificar a tecnologia utilizada nos dois países.

• Estudar e descrever a importância econômica, deste segmento industrial, nos dois países em questão.

• Descrever os principais focos de consumo energético no segmento industrial de cerâmica para revestimento via úmida.

• Desenvolver ou adaptar os indicadores de eficiência energética, mais compatíveis com os dados disponíveis (coletados) nesse segmento industrial, tanto para o Brasil como para a Espanha.

• Utilizar os indicadores explanatórios e explicativos para explicar os resultados e fazer as considerações necessárias para melhor compreensão do contexto que essa indústria esta inserida.

Este trabalho foi desenvolvido em sete capítulos, incluindo esta introdução. A proposta do segundo capítulo é discutir os referenciais teóricos sobre os indicadores de eficiência energética, colocando seus pontos favoráveis e deficiências para medi-las. Revela-se também aí o papel de tais indicadores para determinação de futuras cotas de carbono, ao se pensar no impacto ambiental dessa indústria.

No terceiro capitulo foi realizada uma descrição da indústria de cerâmica para
revestimento, com processo via úmida, tanto para o Brasil quanto para a Espanha. Tal descrição mostrará como esta indústria se iniciou nos dois países, sua importância econômica, seu processo de produção e sua organização industrial.

No quarto capítulo foram descritos os parâmetros para a construção de indicadores para a industria de cerâmica para revestimento via úmida (ICRVU). Também foram determinadas as pré-condições para se construir tal indicador e descreveu-se o processo produtivo e as funções dos principais equipamentos que consomem energia.

O quinto capítulo refere-se ao estudo da evolução do consumo de energia e da construção do indicador físico-termodinâmico de eficiência energética, para a energia térmica e elétrica da ICVRU brasileira e espanhola.

O sexto capítulo refere-se a construção do indicador econômico de eficiência energética para a energia elétrica e térmica da ICRVU brasileira e espanhola.

O sétimo refere-se a conclusão deste estudo e a apresentação da necessidade de futuras atividades para a complementação do mesmo.


Grupo EUMEDNET de la Universidad de Málaga Mensajes cristianos

Venta, Reparación y Liberación de Teléfonos Móviles
Enciclopedia Virtual
Biblioteca Virtual
Servicios
 
Todo en eumed.net:

Congresos Internacionales


¿Qué son?
 ¿Cómo funcionan?

 

15 al 29 de
julio
X Congreso EUMEDNET sobre
Turismo y Desarrollo




Aún está a tiempo de inscribirse en el congreso como participante-espectador.


Próximos congresos

 

06 al 20 de
octubre
I Congreso EUMEDNET sobre
Políticas públicas ante la crisis de las commodities

10 al 25 de
noviembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Migración y Desarrollo

12 al 30 de
diciembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Economía y Cambio Climático

 

 

 

 

Encuentros de economia internacionales a traves de internet


Este sitio web está mantenido por el grupo de investigación eumednet con el apoyo de Servicios Académicos Internacionales S.C.

Volver a la página principal de eumednet