BIODIESEL NO BRASIL EM TRÊS HIATOS: SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL, EMPRESAS E LEILÕES. 2005 A 2012.

Hugo Rivas de Oliveira
José Eustáquio Canguçu Leal
Yolanda Vieira de Abreu

Contexto Geral das Dez Maiores Empresas de Biodiesel e sua Atuação em Nível Nacional e Regional (2010).

Este texto apresenta uma contextualização geral das dez maiores empresas de biodiesel no Brasil, segundo a ANP (2010) e em seguida sua participação nas diversas regiões brasileiras.

1.1 Atuação das dez maiores empresas de biodiesel (2010) em nível nacional e sua representatividade.


No cenário mundial, o Brasil está entre os maiores produtores e consumidores de biodiesel, tendo no ano de 2009 uma produção de 1,6 bilhões de litros, e uma capacidade instalada, em janeiro de 2010, de cerca de 4,7 bilhões de litros (ANP, 2011). Isto significa que houve crescimento substâncial para a produção do biodiesel em relação à capacidade instalada que as empresas possuem.

Na tabela 1.1 estão relacionadas as 40 maiores empresas com produção efetiva acima de 2.000m³ de biodiesel, autorizadas a produzir e comercializar biodiesel em 2010, conforme dados levantados junto a ANP (2011). Esta tabela foi construída a partir da soma das produções de todas as unidades produtoras pertencentes às dez empresas como, por exemplo: Granol com 3 (três) unidades produtoras, Petrobrás com 3 (três) unidades produtoras, Caramuru com 2 (duas) unidades produtoras, BSbios com 2 (duas) unidades produtoras, e Brasilecodiesel com 6 (seis) unidades produtoras, as demais empresas com apenas uma unidade produtora. Essa metodologia de elaboração da tabela em questão, a faz diferente da tabela apresentada pela ANP que computou somente a produção efetiva. O Gráfico 1.1 demonstra que a diferença entre a capacidade instalada e a produção efetiva, ou seja, a ociosidade é maior que a produção em todas as regiões, sendo que na Região Norte do País, a diferença é menor em relação ao que foi detectada nas outras regiões.

A Região Nordeste, proporcionalmente, foi a que apresentou maior diferença entre a capacidade instalada e a produção efetiva em termos percentuais. Em relação às outras regiões, Centro-Oeste, Sudeste e Sul, pode-se observar a possibilidade de dobrar a atual produção brasileira de biodiesel que foi de 2.396.955m³ em 2010, segundo a ANP (2011).

As diferenças encontradas na relação entre capacidade instalada e a produção efetiva têm principais causas as estratégias mercadológica de cada empresa e condições de obtenção de matérias primas e logística de distribuição. O Presidente executivo do grupo Fiagril, o senhor Miguel Vaz, afirma que tem acesso a uma matéria-prima mais barata por estar no Mato Grosso, mas mesmo assim os preços do leilão são abaixo do esperado porque a concorrência é muito grande. Poderíamos pensar em investir em uma nova planta, mas agora os aportes estão mais cautelosos, sem uma perspectiva de médio e longo prazo definida (BIODIESELBR, 2011).

As empresas aguardam uma possível negociação com o governo a respeito de um novo patamar para além da mistura obrigatória de 5% o chamado B5. As estruturas industriais atuais podem suportar esse possível aumento, porém, deve-se levar em conta a capacidade de fornecimento da rede de fornecedores. Para isso é necessário revitalizar a logística de distribuição desse produto. Na figura 1.1 se observa a dispersão das usinas de biodiesel pelo território brasileiro.

Na tabela 1.2 apresenta a relação da produção de grãos de cada Região, exemplificando a produção de soja em relação à produção efetiva de biodiesel. Sendo esta a matéria-prima mais utilizada pelos produtores de biodiesel, sua produção guarda uma relação direta com a localização das usinas.

A Região que apresenta a maior oferta de soja e biodiesel é o Centro-Oeste, que coincidentemente, também, apresenta o maior número de usinas de biodiesel instaladas.
Tabela 1.2 Produção de Soja versus Produção efetiva de biodiesel por Região em 2010.

Região

Produção de Soja
(mil toneladas)

(%)

Produção efetiva
Biodiesel (m³)

(%)

Norte

1.691,7

2,46

93.881

4,17

Nordeste

5.309,5

7,73

186.297

8,28

Centro-Oeste

31.586,7

46,00

870.680

38,70

Sudeste

4.457,6

6,49

423.124

18,80

Sul

25.642,7

37,32

675.668

30,05

Brasil

68.688,2

100,00

2.249.650

100,00

Fonte: Elaboração própria a partir de dados da ANP (2010) e CONAB (2009/2010)

Esta Tabela 1,2 apresenta que a menor quantidade esta na Região Norte com 93.881m³ de biodiesel produzido e também a menor quantidade de produção de soja. Esta oleaginosa se destaca na produção de biodiesel por ter sua cadeia de produção já desenvolvida, principalmente quanto à logística de transporte.

Volver al índice

Enciclopedia Virtual
Tienda
Libros Recomendados


1647 - Investigaciones socioambientales, educativas y humanísticas para el medio rural
Por: Miguel Ángel Sámano Rentería y Ramón Rivera Espinosa. (Coordinadores)

Este libro es producto del trabajo desarrollado por un grupo interdisciplinario de investigadores integrantes del Instituto de Investigaciones Socioambientales, Educativas y Humanísticas para el Medio Rural (IISEHMER).
Libro gratis
Congresos

4 al 15 de diciembre
V Congreso Virtual Internacional sobre

Transformación e innovación en las organizaciones

11 al 22 de diciembre
I Congreso Virtual Internacional sobre

Economía Social y Desarrollo Local Sostenible

Enlaces Rápidos

Fundación Inca Garcilaso
Enciclopedia y Biblioteca virtual sobre economía
Universidad de Málaga