BIODIESEL NO BRASIL EM TRÊS HIATOS: SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL, EMPRESAS E LEILÕES. 2005 A 2012.

Hugo Rivas de Oliveira
José Eustáquio Canguçu Leal
Yolanda Vieira de Abreu

Contexto Geral das Dez Maiores Empresas de Biodiesel e sua Atuação em Nível Nacional e Regional (2010).

Este texto apresenta uma contextualização geral das dez maiores empresas de biodiesel no Brasil, segundo a ANP (2010) e em seguida sua participação nas diversas regiões brasileiras.

1.1 Atuação das dez maiores empresas de biodiesel (2010) em nível nacional e sua representatividade.


No cenário mundial, o Brasil está entre os maiores produtores e consumidores de biodiesel, tendo no ano de 2009 uma produção de 1,6 bilhões de litros, e uma capacidade instalada, em janeiro de 2010, de cerca de 4,7 bilhões de litros (ANP, 2011). Isto significa que houve crescimento substâncial para a produção do biodiesel em relação à capacidade instalada que as empresas possuem.

Na tabela 1.1 estão relacionadas as 40 maiores empresas com produção efetiva acima de 2.000m³ de biodiesel, autorizadas a produzir e comercializar biodiesel em 2010, conforme dados levantados junto a ANP (2011). Esta tabela foi construída a partir da soma das produções de todas as unidades produtoras pertencentes às dez empresas como, por exemplo: Granol com 3 (três) unidades produtoras, Petrobrás com 3 (três) unidades produtoras, Caramuru com 2 (duas) unidades produtoras, BSbios com 2 (duas) unidades produtoras, e Brasilecodiesel com 6 (seis) unidades produtoras, as demais empresas com apenas uma unidade produtora. Essa metodologia de elaboração da tabela em questão, a faz diferente da tabela apresentada pela ANP que computou somente a produção efetiva. O Gráfico 1.1 demonstra que a diferença entre a capacidade instalada e a produção efetiva, ou seja, a ociosidade é maior que a produção em todas as regiões, sendo que na Região Norte do País, a diferença é menor em relação ao que foi detectada nas outras regiões.

A Região Nordeste, proporcionalmente, foi a que apresentou maior diferença entre a capacidade instalada e a produção efetiva em termos percentuais. Em relação às outras regiões, Centro-Oeste, Sudeste e Sul, pode-se observar a possibilidade de dobrar a atual produção brasileira de biodiesel que foi de 2.396.955m³ em 2010, segundo a ANP (2011).

As diferenças encontradas na relação entre capacidade instalada e a produção efetiva têm principais causas as estratégias mercadológica de cada empresa e condições de obtenção de matérias primas e logística de distribuição. O Presidente executivo do grupo Fiagril, o senhor Miguel Vaz, afirma que tem acesso a uma matéria-prima mais barata por estar no Mato Grosso, mas mesmo assim os preços do leilão são abaixo do esperado porque a concorrência é muito grande. Poderíamos pensar em investir em uma nova planta, mas agora os aportes estão mais cautelosos, sem uma perspectiva de médio e longo prazo definida (BIODIESELBR, 2011).

As empresas aguardam uma possível negociação com o governo a respeito de um novo patamar para além da mistura obrigatória de 5% o chamado B5. As estruturas industriais atuais podem suportar esse possível aumento, porém, deve-se levar em conta a capacidade de fornecimento da rede de fornecedores. Para isso é necessário revitalizar a logística de distribuição desse produto. Na figura 1.1 se observa a dispersão das usinas de biodiesel pelo território brasileiro.

Na tabela 1.2 apresenta a relação da produção de grãos de cada Região, exemplificando a produção de soja em relação à produção efetiva de biodiesel. Sendo esta a matéria-prima mais utilizada pelos produtores de biodiesel, sua produção guarda uma relação direta com a localização das usinas.

A Região que apresenta a maior oferta de soja e biodiesel é o Centro-Oeste, que coincidentemente, também, apresenta o maior número de usinas de biodiesel instaladas.
Tabela 1.2 Produção de Soja versus Produção efetiva de biodiesel por Região em 2010.

Região

Produção de Soja
(mil toneladas)

(%)

Produção efetiva
Biodiesel (m³)

(%)

Norte

1.691,7

2,46

93.881

4,17

Nordeste

5.309,5

7,73

186.297

8,28

Centro-Oeste

31.586,7

46,00

870.680

38,70

Sudeste

4.457,6

6,49

423.124

18,80

Sul

25.642,7

37,32

675.668

30,05

Brasil

68.688,2

100,00

2.249.650

100,00

Fonte: Elaboração própria a partir de dados da ANP (2010) e CONAB (2009/2010)

Esta Tabela 1,2 apresenta que a menor quantidade esta na Região Norte com 93.881m³ de biodiesel produzido e também a menor quantidade de produção de soja. Esta oleaginosa se destaca na produção de biodiesel por ter sua cadeia de produção já desenvolvida, principalmente quanto à logística de transporte.

Volver al índice

Enciclopedia Virtual
Tienda
Libros Recomendados


1647 - Investigaciones socioambientales, educativas y humanísticas para el medio rural
Por: Miguel Ángel Sámano Rentería y Ramón Rivera Espinosa. (Coordinadores)

Este libro es producto del trabajo desarrollado por un grupo interdisciplinario de investigadores integrantes del Instituto de Investigaciones Socioambientales, Educativas y Humanísticas para el Medio Rural (IISEHMER).
Libro gratis
Congresos

17 al 31 de enero
I Congreso Virtual Internacional sobre

Economía Social y Desarrollo Local Sostenible

15 al 28 de febrero
III Congreso Virtual Internacional sobre

Desafíos de las empresas del siglo XXI

15 al 29 de marzo
III Congreso Virtual Internacional sobre

La Educación en el siglo XXI

Enlaces Rápidos

Fundación Inca Garcilaso
Enciclopedia y Biblioteca virtual sobre economía
Universidad de Málaga