BIODIESEL NO BRASIL EM TRÊS HIATOS: SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL, EMPRESAS E LEILÕES. 2005 A 2012.

Hugo Rivas de Oliveira
José Eustáquio Canguçu Leal
Yolanda Vieira de Abreu

3.2.1 Agricultura familiar brasileira em números.


A agricultura familiar está presente em todas as regiões geográficas do Brasil. De acordo com o último censo agropecuário divulgado pelo MDA (2006c), a Região Nordeste concentra-se a maior parte do número de estabelecimentos da agricultura familiar correspondendo por todas as demais regiões juntas. Más quando se verifica a distribuição da área dos estabelecimentos desse modelo agrícola por Região, constata, comparativamente com a distribuição de estabelecimentos, algumas alterações.
A agricultura familiar concentra-se, em sua grande maioria (50%), na Região Nordeste. No entanto, a área ocupada pelos agricultores familiares dessa Região não é compatível com a média ocupada em outras regiões. A Região Nordeste apresenta o menor coeficiente de área por estabelecimentos (0,70 1 a/n°. est.), a Região Centro-Oeste, mesmo tendo o menor número de estabelecimentos (5%), apresenta o maior coeficiente de área por estabelecimento, comparativamente com as demais regiões, estando por volta de 2,40 a/n°. est. Isso representa que as maiores propriedades rurais encontram-se, teoricamente, nesta Região.
Observa-se também no Gráfico 3.2 que apenas 10% do número de estabelecimentos rurais encontram-se na Região Norte, porque mesmo sendo a maior Região geográfica do país, possui baixa densidade demográfica e boa parte de seu terrítório esta ocupado por densa floresta ou por áreas de pastagens que, possívelmente, caracterizam-se como latifundios.
De acordo com o censo agropecuário divulgado pelo MDA (2006c), a agricultura familiar brasileira responde por 4.367.902 dos estabelecimentos, ocupa aproximadamente de 24% de toda a área rural brasileira, emprega 12,3 milhões de pessoas, produz em sua maioria alimentos com opção, atualmente, de produzir insumos para “energia”. Enquanto a agricultura não familiar responde por 807.587 destes estabelecimentos, ocupa 84,4% da área rural total e emprega somente 4,2 milhões é em sua maioria produz produtos para exportação. Entretanto está última detém 89 bilhões do Valor Bruto da Produção (VBP) enquanto a agricultura familiar responde por 54 bilhões desse valor (MDA, 2006c). Esses dados podem ser mais bem visualizados através do Quadro 3.2.
Quadro 3.2 Números da agricultura brasileira

Total de Estabelecimentos (%)

Área total (%)

VBP (%)

Pessoal Ocupado (%)

Agricultura familiar

84,4

24,3

38

74,4

Agricultura não familiar

15,6

75,7

62

25,6

Fonte: elaboração própria com base no MDA, 2006c.
Verifica-se no Quadro 3.2 que a agricultura familiar gera aproximadamente três vezes mais empregos em uma área, aproximadamente, três vezes menor que a agricultura não familiar. Tal fato comprova que a agricultura familiar, por ter menos mecanização consegue gerar mais empregos no campo que o modelo agrícola para exportação. Ao gerar mais empregos no campo, a agricultura familiar contribui para diminuir o êxodo rural.
Observa-se também no Quadro 3.2 que agricultura familiar mesmo sendo a que tem maior quantidade de estabelecimentos, responde apenas por 38% do VBP. Pode-se observar também que em consideração a área total ocupada por esta (24,3%), esse valor é representativo porque a agricultura não familiar ocupa 75,7% de toda a área rural e produz 62% VBP brasileiro.


1 O coeficiente de área por estabelecimentos é calculado dividindo-se a área dos estabelecimentos pelo número destes, ao fazê-lo encontra-se: 0,70 para a região Nordeste; 0,84 para a região Sul; 1,0 para a região Sudeste; 2,10 para a região Norte e 2,40 para a região Centro-Oeste.

Volver al índice

Enciclopedia Virtual
Tienda
Libros Recomendados


1647 - Investigaciones socioambientales, educativas y humanísticas para el medio rural
Por: Miguel Ángel Sámano Rentería y Ramón Rivera Espinosa. (Coordinadores)

Este libro es producto del trabajo desarrollado por un grupo interdisciplinario de investigadores integrantes del Instituto de Investigaciones Socioambientales, Educativas y Humanísticas para el Medio Rural (IISEHMER).
Libro gratis
Congresos

9 al 23 de octubre
VI Congreso Virtual Internacional sobre

Arte y Sociedad: Paradigmas digitales

16 al 30 de octubre
II Congreso Virtual Internacional sobre

Migración y Desarrollo

1 al 15 de noviembre
II Congreso Virtual Internacional sobre

Desigualdad Social, Económica y Educativa en el Siglo XXI

4 al 15 de diciembre
V Congreso Virtual Internacional sobre

Transformación e innovación en las organizaciones

11 al 22 de diciembre
I Congreso Virtual Internacional sobre

Economía Social y Desarrollo Local Sostenible

Enlaces Rápidos

Fundación Inca Garcilaso
Enciclopedia y Biblioteca virtual sobre economía
Universidad de Málaga