PLANEAMENTO TURÍSTICO EM MIRANDA DO CORVO CONTRIBUTO DE UMA ANÁLISE GEOGRÁFICA

Luísa Daniela Moreira Adelino

3.3.1.4 Agentes locais de dinamização cultural

No concelho em estudo existem alguns grupos de animação de cariz cultural e etnográfico, nomeadamente ranchos folclóricos, coros, um grupo etnográfico, uma filarmónica, grupos de gaiteiros e um grupo de teatro. Além destes grupos também existem confrarias, duas das quais gastronómicas, nomeadamente a Real Confraria da Cabra Velha e as restantes báquicas, que são a Confraria do Vinho de Lamas e a Confraria dos amigos da Geropiga de Moinhos e arredores.
            A existência destas entidades mostra que existe uma preocupação pela preservação dos valores culturais do concelho e da sua divulgação.
            As entidades organizadoras de eventos podem ser divididas em três categorias distintas: a primeira é a Câmara Municipal, a segunda são as organizações populares e, por fim, empresas dedicadas à animação.
A Câmara Municipal ainda é a principal entidade promotora: mesmo alguns dos eventos que não são da iniciativa desta entidade, têm apoio da mesma.
As organizações populares compreendem essencialmente as comissões de festas locais e grupos espontâneos que são criados em determinados contextos específicos. Contudo estes actuam a diferentes níveis. As comissões organizam eventos essencialmente de carácter religioso enquanto que os grupos espontâneos organizam eventos de carácter mais cultural, por exemplo bailes e passagens de modelos, como é o caso dos estudantes do 12º ano da escola secundária que têm estas iniciativas para angariar dinheiro para a viagem de finalistas.
Por fim as empresas de animação variam desde a disponibilização de espaços para festas, animação e acompanhamento de actividades desportivas, animação musical e outras tarefas muito específicas que contribuem para que os eventos sejam levados a cabo com sucesso. Este é o grupo mais abrangente actualmente existente, quer em número de pessoas e entidades, quer na variedade de tarefas desempenhada.
Desta forma, a Câmara Municipal apresenta um papel fundamental na dinamização do concelho e este tem de ser reforçado. É necessário, portanto, procurar criar novos eventos, que abranjam todas as faixas da população e envolver ao máximo todas as outras entidades. Posteriormente é necessário criar estratégias para fomentar o espírito de iniciativa de todas essas entidades, dando apoios para a realização desses mesmos eventos, e que se podem prender com a cedência, melhoramento ou até criação de infra-estruturas, e ao nível de marketing das iniciativas por variados mecanismos.
            Ao longo do ano são variados os eventos culturais que ocorrem no concelho (Quadro 7). Ligados aos usos e costumes, estes têm ganho maior ênfase ao longo dos anos. As iniciativas multiplicam-se atraindo muitas pessoas.

 

Quadro 7: Feiras/eventos do concelho de Miranda do Corvo

Feiras/Eventos

Data

Local

Capital da Chanfana

Abril/Maio

Miranda do Corvo

Mercado do Livro e das Artes

Maio

Praça José Falcão

EXPO Miranda

Maio/Junho

Praça da Liberdade

Noites de Verão

Julho/Agosto

Praça José Falcão

Feira do Mel

Setembro

Praça da Liberdade

Festa das Vindimas

Setembro

Lamas

Semana do idoso

Setembro/Outubro

Miranda do corvo

Festival de folclore de Semide

Outubro

Cortes

Feira da Árvore

Outubro

Semide

Fim de semana gastronómico

Novembro

Miranda do Corvo

Encontro de Coros

Dezembro

Mosteiro de Santa Maria de Semide

Fonte: CMMC, 2007/2008/Elaboração própria

Volver al índice

Enciclopedia Virtual
Tienda
Libros Recomendados


1647 - Investigaciones socioambientales, educativas y humanísticas para el medio rural
Por: Miguel Ángel Sámano Rentería y Ramón Rivera Espinosa. (Coordinadores)

Este libro es producto del trabajo desarrollado por un grupo interdisciplinario de investigadores integrantes del Instituto de Investigaciones Socioambientales, Educativas y Humanísticas para el Medio Rural (IISEHMER).
Libro gratis
Congresos

17 al 31 de enero
I Congreso Virtual Internacional sobre

Economía Social y Desarrollo Local Sostenible

15 al 28 de febrero
III Congreso Virtual Internacional sobre

Desafíos de las empresas del siglo XXI

Enlaces Rápidos

Fundación Inca Garcilaso
Enciclopedia y Biblioteca virtual sobre economía
Universidad de Málaga