BIBLIOTECA VIRTUAL de Derecho, Economía y Ciencias Sociales

GOVERNANÇA CORPORATIVA. ESTRATÉGIA DE VALOR EMPRESARIAL

Ísis Mota Krüger y Luciane da Silva Gomes




Esta página muestra parte del texto pero sin formato.

Puede bajarse el libro completo en PDF comprimido ZIP (55 páginas, 197 kb) pulsando aquí

 


1.3 CONCEITO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA

A governança corporativa é uma ferramenta na idealização de uma empresa moderna e atualizada. Essa ferramenta pode ser utilizada em todos os tipos de empresa, buscando a transparência para com os acionistas, fidelidade para com seus clientes e acesso a informações para os interessados.

Segundo Vidigal (2008):

Governança corporativa é uma má tradução da expressão inglesa "corporate governance". A origem é o verbo latino "gubernare", que quer dizer "governar", ou "dirigir", "guiar". O significado, meio vago, é o sistema pelo qual os acionistas de uma empresa ("corporation" em inglês) "governam", ou seja, tomam conta, de sua empresa. É um sistema que, usando principalmente o "Conselho de Administração" ("Board of Directors" em inglês), também a Auditoria Externa, e às vezes também o Conselho Fiscal (que ao contrário do de Administração não é obrigatório), estabelece regras e poderes para Conselho, seus comitês e diretoria, evitando os abusos de poder tão comuns no passado. Cria também instrumentos de fiscalização da diretoria.

Com ela surge a idéia de estabelecer regras e normas com o propósito de não deixar o poder somente com os diretores internos das empresas criando, assim, Conselhos de Administração cedendo poder de decisão e opinião aos acionistas que investem na empresa.

Os autores, em sua maioria, dirigem a governança corporativa diretamente e principalmente para empresas de mercado aberto, por ser o seu principal objetivo a valorização da empresa.

Tornando-se um sistema pelo qual as empresas são monitoradas e dirigidas envolvendo os relacionamentos entre acionistas e o corpo de administração que a empresa possui e, essas boas práticas, têm a finalidade de aumentar o valor da empresa, facilitar o acesso ao capital e contribuir para sua perenidade. Com esse conceito observa-se que a governança corporativa é uma maneira de relacionar e descentralizar o poder da empresa e tornar-se transparente cedendo o acesso ao capital da empresa aos interessados (IBGC, 2008).

Outro conceito é colocado por Steinberg (2003; p.18):

Na definição usual, constitui o conjunto de práticas e de relacionamentos entre acionista/cotista, conselho de administração, diretoria executiva, auditoria independente e conselho fiscal com finalidade de aprimorar o desempenho da empresa e facilitar o acesso ao capital.

A governança corporativa é uma maneira de aprimorar o desempenho da empresa, uma ferramenta que colabora com o crescimento e qualidade de gestão da organização. Essa ferramenta é baseada em regras e normas que a empresa deve seguir para conseguir interagir suas atividades e metas com as dos stakeholders incluído os acionistas.

O conceito de governança corporativa ainda pode ser resumido em criar um ambiente de controle dentro de um modelo balanceado de distribuição do poder (STEINBERG, 2003).

O poder na empresa se torna mais descentralizado, mas nunca desmerecendo as responsabilidades de cada colaborador baseando essa responsabilidade em regras que devem ser seguidas.

Implantar a governança corporativa não é somente acatar regras, pois governança corporativa tem tudo a ver com qualidade da atitude e escala de valores, no mais puro sentido humano (STEINBERG, 2003).

Para a implantação da governança corporativa, é importante acreditar na importância da satisfação dos stakeholders, alinhando os seus objetivos com os objetivos da empresa.

A governança corporativa tem o objetivo de alinhar o objetivo da empresa com o objetivo dos acionistas, controladores e stakeholders. A governança é a prática de relacionamento entre os principais colaboradores do desenvolvimento da empresa. Nada mais competitivo e moderno para o sucesso do que alinhar os objetivos de todos para um crescimento saudável e duradouro da empresa (STEINBERG, 2003).


Grupo EUMEDNET de la Universidad de Málaga Mensajes cristianos

Venta, Reparación y Liberación de Teléfonos Móviles
 
Todo en eumed.net:

Congresos Internacionales


¿Qué son?
 ¿Cómo funcionan?

 

15 al 29 de
julio
X Congreso EUMEDNET sobre
Turismo y Desarrollo




Aún está a tiempo de inscribirse en el congreso como participante-espectador.


Próximos congresos

 

06 al 20 de
octubre
I Congreso EUMEDNET sobre
Políticas públicas ante la crisis de las commodities

10 al 25 de
noviembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Migración y Desarrollo

12 al 30 de
diciembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Economía y Cambio Climático

 

 

 

 

Encuentros de economia internacionales a traves de internet


Este sitio web está mantenido por el grupo de investigación eumednet con el apoyo de Servicios Académicos Internacionales S.C.

Volver a la página principal de eumednet