BIBLIOTECA VIRTUAL de Derecho, Economía y Ciencias Sociales

A UTOPIA NEGATIVA: LEITURAS DE SOCIOLOGIA DA LITERATURA

Jacob J. Lumier




Esta página muestra parte del texto pero sin formato.

Puede bajarse el libro completo en PDF comprimido ZIP (158 páginas, 763 kb) pulsando aquí

 


O Praticismo

Segundo T.W. Adorno, se o caso é rejeitar a vileza, como parece ser no ideal superior de cultura, a mirada fu-turista se confunde ao atribuí-la ao predomínio da cha-mada cultura material sobre a espiritual ao invés de ques-tionar o "praticismo", pois que “o verdadeiramente digno de ataque seria a separação da consciência de sua rela-ção social, do lugar em que conseguiria sua essência”, mas que idealisticamente a mirada futurista toma por se-paração instituída na sua própria filosofia eterna.

A compreensão da sexualidade como conexão material do espiritual, designando o que é a espiritualidade em estado real, tal como vivida na ansiedade dos indivíduos, instaura o ponto de vista desde o qual a Crítica desarticula a separação e a contraposição rígida do espiritual e da vida prática, montada na ideologia do futurismo com seu ideal superior de cultura substituindo a felicidade pelo Bem supremo, como visto.

Deste ponto de vista da espiritualidade real, o proble-ma da neutralização da cultura pela sociedade de capita-lismo organizado, neutralização notada no desprezo pelos bens culturais da tradição, como o teatro shakespeareano, não se resolve pela introdução de uma esfera superior.

Esse problema da luta contra a cultura de massa se e-quaciona pondo em relevo a conexão que existe entre a cultura massificada e a função social de reconciliar os homens com as más condições de vida e de afastá-los da crítica destas más condições, função conservadora esta permitindo que o mundo se fixe como cristalizado (ib.p.114).

Em contra de A. Huxley, T.W. Adorno sustenta que a questão crítica sobre a cultura de massa não se reduz a censurá-la porque dê demasiado ao homem, ou porque lhe torne a vida bastante segura; tampouco se reduz à afirmação como invariável da necessidade de intensifica-ção e refinamento da consciência.

***

Na promessa humanista da civilização o humano inclui em si, junto com a contradição da coisificação, também a coisificação mesma.

A compreensão da sexualidade como conexão material do espiritual designa o que é a espiritualidade em estado real, tal como vivida na ansiedade dos indivíduos, e desarticula a contraposição rígida do espiritual e da vida prática na ideologia do futurismo.

T.W. Adorno se opõe ao posicionamento da visão fu-turista que, seguindo nisto o molde da tradição romanes-ca que tomou por objeto o conflito entre o homem vivo e as petrificadas circunstâncias, constrói humanidade e coisificação em rígida contradição. Essa orientação tal como observada no The Brave New World desconhece a promessa humanista da civilização ao esquecer que o humano inclui em si, junto com a contradição da coisifi-cação, também a coisificação mesma.

Essa qualidade da condição humana de incluir em si a coisificação mesma vale não somente como condição antitética da ruptura libertadora, mas vale também positi-vamente como a forma mesmo frágil e insuficiente que realiza a moção subjetiva, que realiza a comoção do sujeito, seu abalo, mediante o exclusivo procedimento de objeti-vá-la, isto é: uma des-subjetivação (cf.ib.p.110).

Daí a censura ao futurismo por desconsiderar que o indivíduo com sua possessão ou personalidade já é pro-duto da coisificação, posto que, por desconsiderar isto, o futurismo lança a coisificação como maldição sobre o futuro (sem penetrar como acrescenta T.W. Adorno na presença dessa mesma instância, sem penetrar na benção do passado).

Tem-se, então, que o ponto de vista da sexualidade como conexão material do espiritual introduz uma preci-são de análise sobre o objeto da reflexão estético-sociológica.

Por sua vez se pode destacá-lo no ensaio de T.W. Adorno sobre Kafka ao explicitar o paralelo entre a atitu-de artística diante do sofrimento e a psicanálise, isto é, o freudismo .

Nesse ensaio é posto em relevo que a busca do marco zero do pensamento artístico caracterizando a instância em que este pensamento encontra seu material e pode então se exercer, mostra que esse material por sua vez é fornecido pelos estados abalados que a sociedade eva-nescente causa aos homens e trata como desperdício.

T.W. Adorno observa o seguinte: (a) as entidades psí-quicas tomadas pelo freudismo em vista do desmascara-mento do mundo aparencial, como o são os atos falhos, os sonhos e os sintomas neuróticos, são tomados por Kafka como “o lixo da realidade”, como os produtos do desperdício que são separados da sociedade evanescen-te exatamente pelo novo que se forma; (b) toda a grande arte domina a ascese diante do futuro sem, todavia, es-boçar numa visão a imagem da sociedade nascente, mas efetua a montagem de tal imagem em fragmentos com os produtos do desperdício; (c) que o artista ao arrancar a máscara que recobre o sofrimento submetido aos contro-les racionais, não se limita como o faz a psicologia a fi-car junto do sujeito, mas o artista penetra até o meramen-te existente detectado no fundo subjetivo com a caída da consciência ao perder toda a afirmação .

Será exatamente esse meramente existente detectado com a caída da consciência que T.W. Adorno porá em relevo em sua análise da des-subjetivação levando à ataraxia como subjetividade estacionária na fantasia futu-rista (regressão da aspiração aos valores no indivíduo).


Grupo EUMEDNET de la Universidad de Málaga Mensajes cristianos

Venta, Reparación y Liberación de Teléfonos Móviles
 
Todo en eumed.net:

Congresos Internacionales


¿Qué son?
 ¿Cómo funcionan?

 

15 al 29 de
julio
X Congreso EUMEDNET sobre
Turismo y Desarrollo




Aún está a tiempo de inscribirse en el congreso como participante-espectador.


Próximos congresos

 

06 al 20 de
octubre
I Congreso EUMEDNET sobre
Políticas públicas ante la crisis de las commodities

10 al 25 de
noviembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Migración y Desarrollo

12 al 30 de
diciembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Economía y Cambio Climático

 

 

 

 

Encuentros de economia internacionales a traves de internet


Este sitio web está mantenido por el grupo de investigación eumednet con el apoyo de Servicios Académicos Internacionales S.C.

Volver a la página principal de eumednet