BIBLIOTECA VIRTUAL de Derecho, Economía y Ciencias Sociales

ENERGIA SOCIEDADE E MEIO AMBIENTE

Yolanda Vieira de Abreu y otros




Esta página muestra parte del texto pero sin formato.

Puede bajarse el libro completo en PDF comprimido ZIP (175 páginas, 1.74 Mb) pulsando aquí

 


4.6. CONSIDERAÇÕES FINAIS

De acordo com o panorama de utilização da biomassa apresentado, observa-se que tanto a lenha como o carvão vegetal utilizados desde tempos remotos, ainda continuam destacando-se entre os produtos da biomassa florestal por sua grande utilização em vários setores seja ele residencial ou industrial. Porém atualmente exige-se que essa produção deve ser de forma sustentável, ou seja, o estímulo para melhorar o seu aproveitamento na produção de energia tem se ampliado, devido ao cultivo de florestas plantadas contribuindo assim para a conservação das florestas nativas, e incentivando o setor agrícola para a diminuição do efeito estufa, utilização de áreas impróprias para o cultivo, e ainda o ganho financeiro no mercado nacional ou internacional de créditos de carbono.

O desenvolvimento de tecnologias mais eficientes possibilita novas oportunidades para a agroenergia, como a obtenção de produtos com maior valor agregado e com maior versatilidade de uso como os briquetes, pellets e os produtos que podem ser utilizados como combustíveis (gás, óleo, álcool) em motores de combustão interna. Assim, por meio do desenvolvimento tecnológico é possível a diversificação de uso da biomassa florestal, podendo dessa maneira ampliar consideravelmente a participação desta fonte renovável na matriz energética nacional de modo economicamente viável, ambientalmente correto e socialmente justo.

REFERÊNCIAS BIBIOGRAFICAS

BRASIL. Lei nº 4.771 de 15 de setembro de 1965. Institui o Novo Código Florestal. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/CCIVIL/L4771.htm>Acesso em: 15/01/2010.

BNDES. Bioetanol de cana-de-açúcar: Energia para o Desenvolvimento Sustentável. Organização BNDS E CGEE. 1° Ed. Rio de Janeiro – Novembro/2008.

BRIDGWATER, A.V. Principles and practice of biomass fast pyrolysis processes for liquids. Journal of Analytical and Applied Pyrolysis, v. 51, p. 3-22, 1999.

BRITO, José Otávio. O Uso Energético da Madeira. In: Instituto de Estudos Avançados, vol. 51 ,2007.

COELHO, S. T. et al. Geração de energia elétrica para comunidades isoladas da região amazônica a partir de sistemas de gaseificação de biomassa. In: I Congresso Internacional de Bioenergia, Outubro de 2004, Campo Grande, MS. Anais I Congresso Internacional de Bioenergia, 2004.

CANTÃO, M. Produção de Hidrogênio a partir da Biomassa. 2007 Disponível em:< www.portalh2.com.br/prtlh2/images/artigos/a43.pdf >. Acesso em 11/11/2009.

CCE – Comissão das comunidades européias. Directiva 2003/30/CE do Parlamento Europeu e do Conselho: relativa à promoção da utilização de biocombustíveis ou de outros combustíveis renováveis nos transportes. 2003. Disponível em: <http://eurlex.europa.eu/LexUriServ/LexUriServ.duri=COM:2008:0811:FIN:PT:PDF>. Acesso em 11/11/2009.

CMO (International CMO Business Biomass). Wood chips, Wood pellets, briquettes Brazil. Disponível em:<http://www.internationalrenewablesenergy.com/>. Acesso em 11/11/2009.

COUTO, L.; FONSECA, E. M.B.; MULLER, M.D. O Estado da arte das plantações de florestas de rápido crescimento para produção de biomassa para energia em Minas Gerais: aspectos técnicos, econômicos, sociais e ambientais. Belo Horizonte: CEMIG, 2000. 44p

EMBAR. Pellets de madeira: Fonte de energia renovável. Disponível em:<www.embar.pt/conteudos/.../094%20Pellets%20de%20madeira.pdf >. Acesso em 11/11/2009.

EPE. Balanço Energético Nacional 2009: ano base 2008. Rio de Janeiro: EPE, 2009. 274p

FAAIJ, A. et al. Novas tecnologias para os vetores modernos de energia de biomassa. In: ROSSILO–CALLE, F.; BAJAY, S. V.; ROTHMAN, H (Org). Uso da biomassa para produção de energia na indústria brasileira. 1. ed. Campinas, SP: editora da UNICAMP, 2005. p 339-417.

GONÇALVES, J. E.; SARTORI, M. M. P.; LEÃO, A. L. Energia de briquetes produzidos com rejeitos de resíduos sólidos urbanos e madeira de Eucalyptus grandis. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.13, n.5, p.657–661, 2009.

FARINHAQUE, R. Influência da umidade no poder calorífico da madeira de bracatinga (Mimosa scrabella, Benth) e aspectos gerais de combustão. Curitiba: FUPEF, 1981. 14p. Série Técnica.

GRAUER, Andréas. KAWANO, M. Uso de Biomassa para Produção de Energia. Disponível em <www.ambientebrasil.com.br>. Acesso em 10/11/2009.

HALL, D. O et al. Visão Geral de Energia e Biomassa. In: ROSSILO–CALLE, F.; BAJAY, S. V.; ROTHMAN, H (Org). Uso da biomassa para produção de energia na indústria brasileira. 1. ed. Campinas, SP: editora da UNICAMP, 2005. p 25-68.

HINRICHS, R. A.; KLEINBACH, M. Energia e meio ambiente. 3 ed. São Paulo: Cengage Learning, p 437-460, 2009.

LORA, E.S.; ANDRADE, R.V. Biomass as energy source in Brazil. Renewable and Sustainable Energy Reviews, v. 13, p. 777–788, 2009.

PÉRES, J. M. M. et al. Pirólise rápida em leito fluidizado: uma opção para transformar biomassa em energia limpa. Revista Analytica. n.4, pg 32-36, 2003.

MAPA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Plano Nacional de Agroenergia. 2ª ed. rev. Brasília, DF: Embrapa, 2006.110p

MAPA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Diretrizes de Política de Agroenergia. 2ª ed. rev. Brasília, DF, 2005.34p

MIGLIORINI, A. J. Densinficação de biomassa florestal. Série Técnica IPEF, Piracicaba, v.1, n.2, p.1-9, 1980.

RAMOS, Jaqueline. Energia – Desafios e Alternativas para o Século XXI. In: Boletim Informativo nº33 set/out, 2000.Projeto Energia Alternativa, UFG – Labsolar _UFSC.

RENDEIRO, G. – Viçosa, Obtenção de briquetes de carvão vegetal a partir de finos de carvão. Boletim Técnico RENABIO, n. 2, setembro, 2006.

ROCHA, J. D. Tecnologias Bioware para produção de carvão e bio-óleo. 2006. Disponível em < www.feagri.unicamp.br/energia/biocombustiveis/.../DilcioRocha.ppt >. Acesso em 10/11/2009.

RODRIGUES, L. D.; SILVA, I. T.; ROCHA, B. R. P., SILVA, I. M. O. Uso de briquetes compostos para produção de energia no Estado do Pará. In: IX Encontro de Energia no Meio Rural, Campinas-SP, outubro de 2002,. Anais CD AGRENER, 2002.

RODRIGUES, R. R. de A.. Biomassa – A Energia do Ciclo a Vida. 2005. Disponível em: <http://www.aondevamos.eng.br/textos/texto09.htm>.Acesso em: 11/11/2009.

ROSILLO-CALLE, Frank et al. Produção e Uso Industriais do Carvão Vegetal. In: ROSSILO–CALLE, F.; BAJAY, S. V.; ROTHMAN, H (Org). Uso da biomassa para produção de energia na indústria brasileira. 1. ed. Campinas, SP: editora da UNICAMP, 2005. p 313-338.

SIMIONI, Flávio José. HOELFICH, V. A. Análise Prospectiva da Cadeia Produtiva de Energia de Biomassa na Região do Planalto Sul de Santa Catarina. In: XLV Congresso Sober. Paraná, julho,2007. Anais....UFPR, 2007.

SILVA, J. N.; SOBRINHO, J. C., SAIKI, E. T. Utilização de biomassa na secagem de produtos agrícolas via gaseificação com combustão adjacente dos gases produzidos.

Engenharia Agrícola, v.24, n.2, p.405-411, 2004.

VALE, A. T. do; BRASIL, M. A. M.; CARVALHO, C. M. de; VEIGA, R. A. de A. Produção de energia do fuste de Eucalyptus grandis HillEx-Maiden e acacia mangium Willd em diferentes níveis de adubação, Revista Cerne, v.6, n.1, p.83-88, 2000.


Grupo EUMEDNET de la Universidad de Málaga Mensajes cristianos

Venta, Reparación y Liberación de Teléfonos Móviles
 
Todo en eumed.net:

Congresos Internacionales


¿Qué son?
 ¿Cómo funcionan?

 

15 al 29 de
julio
X Congreso EUMEDNET sobre
Turismo y Desarrollo




Aún está a tiempo de inscribirse en el congreso como participante-espectador.


Próximos congresos

 

06 al 20 de
octubre
I Congreso EUMEDNET sobre
Políticas públicas ante la crisis de las commodities

10 al 25 de
noviembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Migración y Desarrollo

12 al 30 de
diciembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Economía y Cambio Climático

 

 

 

 

Encuentros de economia internacionales a traves de internet


Este sitio web está mantenido por el grupo de investigación eumednet con el apoyo de Servicios Académicos Internacionales S.C.

Volver a la página principal de eumednet