BIBLIOTECA VIRTUAL de Derecho, Economía y Ciencias Sociales


INFRA-ESTRUTURAS EM ENERGIA E TRANSPORTES E CRESCIMENTO ECONÔMICO NA CHINA

Elias Marco Khalil Jabbour



Esta página muestra parte del texto pero sin formato.

Puede bajarse el libro completo en PDF comprimido ZIP (209 páginas, 1.40 Mb) pulsando aquí

 

 

II.6 – GÁS NATURAL: QUESTÃO ECOLÓGICA, REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA E DESENVOLVIMENTO REGIONAL

A evolução da sociedade humana é inerente à transformação das estruturas sociais e econômicas que, por sua vez, engendra mudanças qualitativas a partir da transformação das forças produtivas.

Para tanto, a questão energética é central – todos sabemos. Isso tem ganhado destaque tanto pela “previsão” do final das reservas de petróleo quanto pelas pressões exercidas pelo mesmo sobre o planeta Terra. Nesse contexto, a alternativa do gás natural ganha espaço.

Porque não somente se trata de uma questão de reestruturação energética, mas também de todo um processo econômico que inclui operações de transporte, construção de gasodutos, formação de mercados e de geopolítica (vide a ocupação militar norte-americana no Afeganistão), e que pode movimentar nas próximas décadas algumas centenas de bilhões de dólares. Nada mal para um sistema que precisa se reproduzir com velocidade.

A China não está fora desta problemática. Muito pelo contrário.

Porém, antes de analisarmos o caso específico chinês, convém passarmos vista nas projeções internacionais para a produção e o consumo, que nos permitirá fazer uma leitura preliminar da geografia da produção e consumo de gás natural no mundo.

II.6.1 – A fonte de energia primária que mais cresce sua utilização no mundo

A utilização do gás natural como fonte primária de energia é a que mais cresce no mundo atual. O quadro abaixo que mede as expectativas de consumo entre 2001 e 2025 é elucidativo: em 2025 se consumirá 70% mais gás natural do que em 2001, o crescimento anual desse tipo de energético será de 2,2%, enquanto o consumo de petróleo crescerá 1,9% e de carvão 1,7%. A porcentagem de utilização de gás natural no escopo que inclui outras fontes de energia terá aumento de 23% (2001) para 25% em 2005 127.

Segundo o estudo feito pela International Energy Outlook 2004, cuja tabela de projeção de consumo acima exposta é ilustrativa, entre 2001 e 2025 a utilização de gás natural no mundo crescerá 2,5% ao ano nos países do centro do sistema, com destaque ao consumo previsto na América do Norte. A periferia do sistema excederá a produção em detrimento do consumo em 16,3 trilhões de m3 em 2025; já nas repúblicas da antiga URSS a produção excederá o consumo em 11,7 trilhões de m3 no mesmo ano.

O Oriente Médio saltará dos 8,3 trilhões de m3 produzidos em 2001, para 46.8 trilhões de m3 em 2025, e os países industrializados terão tímido crescimento de produção: de 39,3 trilhões de m3 para 46,8 trilhões de m3 em 2025.

A relação entre produção e consumo no centro do sistema indica que em 2025, 30% do gás natural consumido por tais países serão importados.


Grupo EUMEDNET de la Universidad de Málaga Mensajes cristianos

Venta, Reparación y Liberación de Teléfonos Móviles
Enciclopedia Virtual
Biblioteca Virtual
Servicios
 
Todo en eumed.net:

Congresos Internacionales


¿Qué son?
 ¿Cómo funcionan?

 

15 al 29 de
julio
X Congreso EUMEDNET sobre
Turismo y Desarrollo




Aún está a tiempo de inscribirse en el congreso como participante-espectador.


Próximos congresos

 

06 al 20 de
octubre
I Congreso EUMEDNET sobre
Políticas públicas ante la crisis de las commodities

10 al 25 de
noviembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Migración y Desarrollo

12 al 30 de
diciembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Economía y Cambio Climático

 

 

 

 

Encuentros de economia internacionales a traves de internet


Este sitio web está mantenido por el grupo de investigación eumednet con el apoyo de Servicios Académicos Internacionales S.C.

Volver a la página principal de eumednet