revolução de 1964
BIBLIOTECA VIRTUAL de Derecho, Economía y Ciencias Sociales

 

ECONOMIA, POLÍTICA E SOCIEDADE

Luiz Gonzaga de Sousa

 

 

Esta página muestra parte del texto pero sin formato.

Puede bajarse el libro completo en PDF comprimido ZIP (209 páginas, 736 kb) pulsando aquí

 

 

 

 

DEMOCRACIA: CONSCIÊNCIA COMUNITÁRIA

A "revolução de 1964"

 

            Em mil novecentos e sessenta e quatro, o país entra numa fase das mais difíceis de sua história. A exploração do capitalismo é crescente. A convulsão social se avoluma e a população treme nas suas bases, temendo uma invasão de grupos internacionais radicais e a dominação do país por grupos sectários. No sentido de acabar essa situação, especificamente de dizimar a atuação da esquerda radical no país, é que aconteceu a Revolução de 1964. As forças armadas do país derrubaram o Senhor Presidente e tentaram arrumar a Nação de maneira que o povo sentisse segurança, melhorasse seu nível de vida e demolisse de uma vez por todas as agitações populares que tinham por finalidade perturbar a ordem pública. Em pouco tempo, o país estava reestruturado, tentando a organização, a ordem.

            Com os militares no poder, ninguém mais falou. Os defensores da pátria estão em todos os recantos do país. Intervenções e mais intervenções foram feitas. Líderes comunitários foram à prisão. sindicalistas presos e, alguns cassados. Começou o confronto entre militares, estudantes e operários. O terror foi geral. A marca da opressão era a constante nas escolas, nas reuniões, em todos os lugares. Surgiram agremiações anticomunistas. Levantaram-se grupos paramilitares. A tortura campeou em todas as horas. Todas as ações do povo brasileiro eram vigiadas. Aumentou o medo e todo o povo não respirava o ar puro da liberdade, mas sim um cheiro amargo de ódio e pavor. O cotidiano no país confinou-se a ir ao trabalho e retornar a casa com pouca comunicação.

            Com este retrato, a caça aos comunistas foi o dia-a-dia da polícia secreta do governo. As cadeias superlotaram-se com os presos políticos; e não bastava ser político, só era necessário ser amigo de um procurado pelo SNI (Serviço Nacional de Informação) que entrava na população dos incomunicáveis. Quando preso, o indivíduo ficava incomunicável, submetendo-se aos mais diversos horrores de tortura. O número de presos políticos a partir de 64 foi absurdamente alto, em sua maioria foram mortos e os poucos que se livraram da morte ficaram com problemas psicológicos e até mesmo de sobrevivência. As experiências dos que passaram por estes momentos de tristeza da nossa história retratam os absurdos a que foram submetidos aqueles que lutaram por melhores dias no futuro do país.

            As execuções dos brasileiros eram muitas vezes feitas em praça públicas, causando pavor e medo em toda a população. Isto fez com que a vontade de organização, de lutar por melhores condições de vida dos trabalhadores, de participar das decisões do país fosse cada vez mais esquecida e substituída pelos agentes militares do governo federal. Os líderes sindicais eram homens de profundo respeito, por serem leaders de confiança das autoridades governamentais e isto aconteceu em quase todas as entidades de base da vida do país. Com isto, a corrupção começou a ter seu apogeu, pois se os governos militares pensavam em acabá-la, aconteceu o contrário, ela a cada momento que se passava, tornava-se constitucional, para aqueles que estavam a serviço de "Revolução de 1964".

Grupo EUMEDNET de la Universidad de Málaga Mensajes cristianos

Venta, Reparación y Liberación de Teléfonos Móviles
 
Todo en eumed.net:

Congresos Internacionales


¿Qué son?
 ¿Cómo funcionan?

 

15 al 29 de
julio
X Congreso EUMEDNET sobre
Turismo y Desarrollo




Aún está a tiempo de inscribirse en el congreso como participante-espectador.


Próximos congresos

 

06 al 20 de
octubre
I Congreso EUMEDNET sobre
Políticas públicas ante la crisis de las commodities

10 al 25 de
noviembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Migración y Desarrollo

12 al 30 de
diciembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Economía y Cambio Climático

 

 

 

 

Encuentros de economia internacionales a traves de internet


Este sitio web está mantenido por el grupo de investigación eumednet con el apoyo de Servicios Académicos Internacionales S.C.

Volver a la página principal de eumednet