El cooperativismo una alternativa de desarrollo a la globalización neoliberal para América Latina

CARLOS GOMES

CLÃS, SISTEMAS DE PARENTESCO

O clã constitui a primeira unidade de base, simultaneamente, uma comunidade étnica, uma célula de produção e uma forma de organização social. É caracterizado por uma origem gentílica comum e representa uma pequena célula social como elemento duma sociedade igualitária, ou seja, uma sociedade onde não é reconhecível um carácter hierárquico. Os seus habitantes resguardam-se em típicos acampamentos, compostos de um número reduzido de abrigos independentes, não muito duradoiros e frequentemente renovados.

Na sociedade primitiva as relações de produção coincidem com as relações de parentesco, formando em conjunto o colectivo produtor, no qual os homens obtêm em conjunto os seus meios de produção. A sua base económica assenta na propriedade comum dos meios e produção e na distribuição igualitária dos bens de consumo.

Além dos vínculos de produção, desempenham um papel primordial os laços de consanguinidade. O principio básico deste tipo de estrutura social é o parentesco por linha feminina. A única descendência válida é a linha materna e a mulher exerce um papel predominante. O regime denominado matriarcado altera-se, posteriormente, com o desenvolvimento da agricultura e da pastorícia, em que o homem passa a desempenhar o papel principal dentro do clã. O regime passa a patriarcado.

A comunidade do clã pressupõe uma forma de organização já ordenada, que representou um avanço importante no desenvolvimento económico e social e contribuiu para a criação de boas condições para prosperar face ao meio ambiente e ao espírito de cooperação, colectivismo e de coesão existente entre os seus membros.

Ao tempo das descobertas vigorava ainda, entre habitantes do continente americano, um tipo de organização baseado na linha materna. Este tipo de estrutura surge também, embora de forma modificada, no meio de agrupamentos humanos situados na Ásia, África ou Austrália. Entre alguns destes grupos, existentes na actualidade, subsiste o conceito de linhagem, que reclama uma descendência comum ligada a uma comunidade particular, em geral por via materna.
 

Grupo EUMEDNET de la Universidad de Málaga Mensajes cristianos

Venta, Reparación y Liberación de Teléfonos Móviles
Enciclopedia Virtual
Economistas Diccionarios Presentaciones multimedia y vídeos Manual Economía
Biblioteca Virtual
Libros Gratis Tesis Doctorales Textos de autores clásicos y grandes economistas
Revistas
Contribuciones a la Economía, Revista Académica Virtual
Contribuciones a las Ciencias Sociales
Observatorio de la Economía Latinoamericana
Revista Caribeña de las Ciencias Sociales
Revista Atlante. Cuadernos de Educación
Otras revistas

Servicios
Publicar sus textos Tienda virtual del grupo Eumednet Congresos Académicos - Inscripción - Solicitar Actas - Organizar un Simposio Crear una revista Novedades - Suscribirse al Boletín de Novedades
 
Todo en eumed.net:
Eumed.net

Congresos Internacionales


¿Qué son?
 ¿Cómo funcionan?

 

15 al 29 de
julio
X Congreso EUMEDNET sobre
Turismo y Desarrollo




Aún está a tiempo de inscribirse en el congreso como participante-espectador.


Próximos congresos

 

06 al 20 de
octubre
I Congreso EUMEDNET sobre
Políticas públicas ante la crisis de las commodities

10 al 25 de
noviembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Migración y Desarrollo

12 al 30 de
diciembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Economía y Cambio Climático

 

 

 

 

Encuentros de economia internacionales a traves de internet


Este sitio web está mantenido por el grupo de investigación eumednet con el apoyo de Servicios Académicos Internacionales S.C.

Volver a la página principal de eumednet