?>
alt="" class="" />

Maria Estrela Costa de Sousa (CV)
Marcelo Santos Chaves
(CV)
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará
' . $nRegistro; ?>

Volver al índice

Sinopsis

O presente trabalho tem como finalidade discutir a temática saúde do trabalhador a partir da análise da prática das assistentes sociais no Hospital Ophir Loyola, e seus impactos tendo em vista as transformações do mundo do trabalho. Hoje, mediante o avanço tecnológico e as exigências do mercado é exigido cada vez mais do trabalhador, a ampliação de seus saberes, o que se torna um fator decisivo na capacidade do seu trabalho. A exigência do aprendizado de novas técnicas tem se mostrado como um dos fatores da angústia e da ansiedade destes profissionais, como se pôde observar ao se cotejar os dados da pesquisa e a discussão da saúde do trabalhador. A polivalência é uma das características analisadas na pesquisa de campo realizada no Hospital Ophir Loyola, particularmente, nas clínicas de Cabeça e Pescoço, Cirurgia Abdominal, Urologia, Mastologia e Ginecologia, cujo objetivo deve-se à repercussão na saúde física, emocional e familiar das mesmas. Para isso buscou-se apreender como se dava o ritmo de trabalho, os atendimentos mensais do ambulatório e as demais atividades das profissionais. Com isso foi possível fazer uma análise dos resultados coletados, e a partir de então sugerir proposições.

Índice

Considerações iniciais

PARTE I – A saúde do trabalhador
1. Saúde do trabalhador: aspecto teórico-metodológico
1.2 Condições de trabalho e doenças ocupacionais
1.3 As transformações do trabalho no sistema capitalista e o serviço social
1.4 Ética e trabalho na globalização: novas demandas ao serviço social

PARTE II – Hospital Ophir Loyola
2. Hospital Ophir Loyola: Retrospectiva Histórica
2.1 Fundação do Instituto Ophir Loyola
2.2 O Hospital Ophir Loyola na atualidade
2.3 O serviço social no Hospital Ophir Loyola
2.4 O local e o objeto da pesquisa
2.5 Técnicas utilizadas na pesquisa
2.6 Resultados da pesquisa

PARTE III – Os impactos do trabalho na saúde do trabalhador
3. O impacto do trabalho na qualidade de vida das assistentes sociais
3.1 A visão das assistentes sociais
3.2 Proposições das assistentes sociais

Considerações finais
Bibliografias
Anexos

Volver al índice