Tesis doctorales de Economía


EVOLUÇÃO E PERSPECTIVAS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL DE AÇÚCAR E ÁLCOOL

Eduardo Fernandes Pestana Moreira




Esta página muestra parte del texto pero sin formato.

Puede bajarse la tesis completa en PDF comprimido ZIP (200 páginas, 802 kb) pulsando aquí

 

 

 

 

4.5 Futuro do Setor Sucroalcooleiro na Economia Brasileira

Como pudemos observar nos resultados obtidos nas projeções da produção e da área plantada com cana-de-açúcar, espera-se uma expansão acelerada nos próximos 10 anos, pelo menos nos três primeiros cenários. Entretanto, como podemos ver nos Gráficos 4.1 e 4.2, este crescimento se arrefece para, a médio prazo, ficar abaixo da evolução do PIB brasileiro conforme as premissas adotadas nos cenários 1 e 2, neste último mais rapidamente pela hipótese mais otimista de crescimento médio de 5% ao ano.

Este comportamento está coerente com as características dos mercados focados por este setor. No que se refere ao açúcar, trata-se de um produto com baixa elasticidade-renda no mundo desenvolvido e também no mercado interno brasileiro, que já atingiu um nível de consumo per capita próximo da sua saturação. Existe ainda espaço para o crescimento do consumo nos países em desenvolvimento, mas a premissa de manutenção da atual participação da produção brasileira no abastecimento mundial já é bastante otimista.

O mercado do álcool combustível, se de um lado possui uma expectativa de elevado crescimento nos próximos 10 anos, de outro lado deverá acompanhar o crescimento do consumo de combustíveis leves. Este consumo, desde o primeiro choque do petróleo de 1973, vem crescendo a taxas inferiores ao crescimento do conjunto da economia, mesmo em períodos em que os preços do petróleo estiveram em patamares iguais ou inferiores a U$ 20,00 o barril. A continuidade dos avanços na tecnologia e, principalmente, a pressão ambiental devem fazer com que esta tendência se mantenha no futuro, o que significa menores coeficientes de consumo de combustível, ainda que misturados com álcool agrícola.

As perspectivas para o setor sucroalcooleiro são mais promissoras no Cenário 3, chamado por nós de Bloco Hemisférico, no qual a possibilidade de abastecer até 40% do mercado americano de álcool combustível garantiria um dinamismo para o setor para além do horizonte definido neste trabalho, conforme observamos no Gráfico 4.3 .

As previsões feitas para este cenário ajudam a compreender o foco da ação política das lideranças do setor na supressão da sobretaxa alfandegária americana sobre o álcool importado, uma vez que é esse mercado que pode garantir o maior crescimento da produção nacional. Embora a constituição de um acordo comercial amplo, seja envolvendo o conjunto das Américas, seja como acordo bilateral entre Brasil e USA, não nos pareça muito provável a médio prazo, não está descartada a possibilidade de um acordo envolvendo o álcool (e não o açúcar) pela dificuldade de os USA garantirem simultaneamente uma meta arrojada de utilização de biocombustíveis (o que ainda não está claro se vai ultrapassar o discurso das intenções) e preços razoáveis para o milho, de forma que seus outros consumidores internos não sejam pressionados (principalmente os consumidores de rações animais), ou mesmo que o custo de produção do álcool internamente não suba demasiado.

Já no Cenário 4, chamado de Hegemonia Disputada, as previsões para o setor são fortemente negativas, como era de se esperar de um setor fortemente dependente do mercado internacional, no caso do açúcar, e não muito distante da saturação do mercado interno, no caso do álcool combustível. Mesmo trabalhando com a hipótese de um crescimento de 3% ao ano para a economia brasileira, na média assumida para as economias em desenvolvimento, a retração dos mercados internacionais, de maneira geral, abortaria a possibilidade de uma participação significativa da produção brasileira, mesmo considerando a hipótese de os preços mais altos do petróleo incentivarem sua substituição. O Gráfico 4.4 apresenta nossas previsões neste cenário, que, como dissemos anteriormente, foi escolhido apenas como um cenário de referência e não como um dos cenários prováveis.


Grupo EUMEDNET de la Universidad de Málaga Mensajes cristianos

Venta, Reparación y Liberación de Teléfonos Móviles
Enciclopedia Virtual
Biblioteca Virtual
Servicios
 
Todo en eumed.net:

Congresos Internacionales


¿Qué son?
 ¿Cómo funcionan?

 

15 al 29 de
julio
X Congreso EUMEDNET sobre
Turismo y Desarrollo




Aún está a tiempo de inscribirse en el congreso como participante-espectador.


Próximos congresos

 

06 al 20 de
octubre
I Congreso EUMEDNET sobre
Políticas públicas ante la crisis de las commodities

10 al 25 de
noviembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Migración y Desarrollo

12 al 30 de
diciembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Economía y Cambio Climático

 

 

 

 

Encuentros de economia internacionales a traves de internet


Este sitio web está mantenido por el grupo de investigación eumednet con el apoyo de Servicios Académicos Internacionales S.C.

Volver a la página principal de eumednet