Cuadernos de Educación y Desarrollo

Vol 2, Nº 13 (marzo 2010)

O EDUCADOR NA PEDAGOGIA DE CARL ROGERS


 

César Augusto Soares da Costa (*)
csc193@hotmail.com

 

O educador deve desempenhar o papel de libertador. Diante disso, pensamos desenvolver brevemente alguns aspectos da pedagogia de Carl Rogers no que tange ao papel do educador e de sua tarefa. Para Rogers, ao centrar a educação no educando, denominado pelo mesmo de facilitador, o autor procura mostrar, em suas obras Liberdade para Aprender e Tornar-se Pessoa, que essa facilitação tem em vista tornar o educando livre.

Para o autor, o homem educado é o que aprendeu a aprender. Facilitar a aprendizagem é libertar a curiosidade, permitir que as pessoas assumam o encargo de seguir em novas direções, desencadeando o senso de investigação, indagação e análise. Rogers propõe o educador como facilitador da libertação pessoal e assinala essas condições libertadoras.

O autor, aponta métodos de libertação que tem, o clima de liberdade ou de relacionamento interpessoal: autenticidade, aceitação, confiança, compreensão empática, motivação intrínseca baseada em problemas significativos e desafios reais. O professor torna-se aquele que também aprende, pois ensinar não é outra coisa do que aprender. A única coisa que pode fazer o educador é criar condições, para que haja aprendizagem significativa. Isto quer dizer que, é um tipo de aprendizagem que não pode ser ensinada. A sua essência é este aspecto de autodescoberta. A aprendizagem significativa é mais do que acumulação de fatos, é modificação no comportamento, ações futuras, atitudes, que penetra toda a existência pessoal.

Daí, surgem algumas pistas referentes a esta dimensão: é pela prática que se adquire aprendizagem significativa; a aprendizagem é facilitada quando o aluno participa responsavelmente do seu processo; a aprendizagem socialmente útil consiste em aprender o próprio processo de aprendizagem, a contínua abertura à experiência e à incorporação do processo de mudança. Pois uma aprendizagem estática, de informações, foi adequada ao tempo arcaico, mas insuficiente para os dias atuais!

Como podemos observar, o problema central da pedagogia rogeriana não está assentada no método e nas técnicas pedagógicas, mas na atitude pessoal ou interpessoal, em relação aos educandos, para que estes se libertem, tomando consciência de si e do mundo, assumindo os comportamentos compatíveis com o desenvolvimento de uma personalidade por si mesmo.

Referências

GALVÃO, Teófilo. A Educação como processo de libertação. Pelotas: EDUCAT, 1996.

ROGERS, C. Tornar-se Pessoa. 2 ed. São Paulo: Martins Fontes, 1975.

______. Liberdade para Aprender. 3 ed. Belo Horizonte: Interlivros, 1975.

* Sociólogo, Educador e Pesquisador. Mestre em Ciências Humanas/PUCRS. Tutor no curso de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação da Universidade Federal do Rio Grande/FURG. Professor nos cursos de Pós-Graduação em Educação do Complexo de Ensino Superior de Santa Catarina na cidade de Pelotas/RS.


 

Nota Importante a Leer:

Los comentarios al artículo son responsabilidad exclusiva del remitente.

Si necesita algún tipo de información referente al artículo póngase en contacto con el email suministrado por el autor del artículo al principio del mismo.

Un comentario no es más que un simple medio para comunicar su opinión a futuros lectores.

El autor del artículo no está obligado a responder o leer comentarios referentes al artículo.

Al escribir un comentario, debe tener en cuenta que recibirá notificaciones cada vez que alguien escriba un nuevo comentario en este artículo.

Eumed.net se reserva el derecho de eliminar aquellos comentarios que tengan lenguaje inadecuado o agresivo.

Si usted considera que algún comentario de esta página es inadecuado o agresivo, por favor, pulse aquí.

Comentarios sobre este artículo:

No hay ningún comentario para este artículo.

Si lo desea, puede completar este formulario y dejarnos su opinion sobre el artículo. No olvide introducir un email valido para activar su comentario.
(*) Ingresar el texto mostrado en la imagen



(*) Datos obligatorios

 
Cuadernos de Educación y Desarrollo es una revista académica de formato electrónico y de aparición trimestral, editada y mantenida por el Grupo de Investigación eumednet de la Universidad de Málaga.

Los autores interesados deben enviar sus textos en formato DOC a: lisette@eumed.net junto a un resumen actualizado de su CV.

Director
Gerardo J. Gómez Velázquez (CV)

Editor Ejecutivo:
Juan Carlos M. Coll (CV)
ISSN: 1989-4155
EUMEDNET

Logo CED
CUADERNOS DE EDUCACIÓN Y DESARROLLO
revista académica semestral

Universidad de Málaga > Eumed.net