DESENVOLVIMENTO EM ÁREAS DE MONTANHA

DESENVOLVIMENTO EM ÁREAS DE MONTANHA

Paulo Carvalho (CV)
Universidade de Coimbra
paulo.carvalho@fl.uc.pt
ISBN-13: 978-84-15774-44-0
Nº Registro: 201325849

Sinopsis

As montanhas, pela diversidade de recursos e de atividades antrópicas, devem assumir uma importância crescente no ordenamento e gestão do território, na amplitude dos instrumentos de planeamento (mecanismos de regulação do uso do solo) às ferramentas operativas para a promoção do desenvolvimento sustentável.
No contexto geográfico da União Europeia, apesar de algumas iniciativas recentes que estão relacionadas em particular com a (nova) política de desenvolvimento rural e regional, as montanhas carecem de intervenções especializadas, integradas, articuladas e territorialmente ajustadas às dimensões dos seus principais problemas e potencialidades, ou seja, é evidente a necessidade de desenhar e implementar instrumentos adaptados às suas especificidades o que significa uma maior atenção e articulação das diferentes políticas que interferem no seu desenvolvimento.
As mudanças, os desafios e as oportunidades para as montanhas, segundo uma perspetiva de valorização de dimensões teóricas e empíricas, representam o contexto (e o pretexto) para este trabalho, que inclui um conjunto de reflexões geográficas no âmbito de comunicações e publicações em eventos científicos nacionais e internacionais (entre 2004 e 2011), com a particularidade de destacar a Cordilheira Central Portuguesa.

Índice

Políticas territorializadas para o desenvolvimento em ambientes de montanha: o exemplo da ação integrada de base territorial da Serra da Estrela
1. Montanhas, ordenamento e desenvolvimento sustentável: preocupações, orientações e quadros normativos
2. Políticas e intervenções em ambientes de montanha: o exemplo da Ação Integrada de Base Territorial (AIBT) da Serra da Estrela

Património construído e políticas de desenvolvimento local em áreas de montanha: das intervenções às novas orientações
1. Os espaços rurais e as montanhas no âmbito dos paradigmas de desenvolvimento territorialista e ecocultural
2. Políticas, intervenções e novos desafios: o exemplo do Programa das Aldeias do Xisto (2000-2006)
2.1 Gondramaz (Miranda do Corvo)
2.2 Fajão (Pampilhosa da Serra)

Turistificação, patrimonialização e dinâmicas territoriais em contexto rural de montanha: o exemplo do Piódão
1. Espaços rurais de montanha: do isolamento, declínio e marginalização às novas oportunidades de desenvolvimento
2. Património e turismo: eixos de vertebração de novas políticas e intervenções territorializadas em áreas de montanha
3. O Piódão turístico: notas de uma abordagem geográfica preliminar

Mountain rural landscapes. Preliminary considerations on the Village Plans (“Network of Schist Villages”)
1. Rural landscapes as development resource
2. The Schist Villages: from the Village Plans to build a network of tourist places

A AIBT do Pinhal Interior e as Aldeias do Xisto: novos caminhos e atores para o desenvolvimento de territórios de baixa densidade em ambiente de montanha
1. Contextos e pretextos para uma reflexão em torno das novas oportunidades para o desenvolvimento das áreas de montanha
2. A AIBT do Pinhal Interior e as Aldeias do Xisto (Região Centro de Portugal)
3. Questões e orientações para processos de ensino/aprendizagem