ANÁLISIS CONTABLE CON UN ENFOQUE EMPRESARIAL

Miguel Díaz Llanes

PRÓLOGO

“Res autem familiares quaeri debet iis rebus,
a quibus abest turpitudo, conservariu autem
diligentia et parsimonia, eisdem etiam rebus augeri”.
Marco Túlio Cícero- De Officiis, XXIV

 

Há cerca de 2.000 anos lecionou Marco Túlio Cícero que “quanto ao patrimônio necessário é obtê-lo com meios absolutamente honestos, conservá-lo com diligência e parcimônia e com tais virtudes ampliá-lo”.
Conhecer, pois, sobre a aquisição, transformação e fins alcançados com o uso da riqueza patrimonial são coisas de relevância na profissão contábil.
Várias obras foram escritas sobre o tema, mas, nem todas facilitando a plena compreensão de forma objetiva.
Qualidade primordial reclamada na exposição de tais assuntos tecnológicos, portanto, é a clareza.
Ao editar grande mérito de um autor está em ser entendido sobre o que expõe e naquilo que acredita como verdade conquistada pelo estudo e experiência.
Este livro do professor Miguel Díaz Llanes tem a virtude da acessibilidade, sendo objetivo, de propósito reconhecidamente determinado no campo da militância profissional, assistindo culturalmente a quem inicia.
Logo de início o autor define a meta que vai seguir quando afirma que “el análisis de los estados contables si no me permite planificar el futuro y basar mis estrategias y decisiones, no es útil”.
Responsabilidade de um escritor de temas especializados é sem dúvida escolher a metodologia, fundamentada na ótica do objeto ou matéria que vai tratar, sob o aspecto que elege; essa a orientação que Aristóteles, o pai da Lógica das ciências sugeriu, que Poincaré consagrou e o autor desta obra fielmente segue com maestria.
Didática e rigor tecnológico nem sempre estão unidos, mas, Díaz Llanes consegue isto materializar com maestria, visando o caráter utilitário do que produziu.
Reconhecendo a quantidade de variáveis que influi sobre a transformação da riqueza patrimonial das empresas e instituições, essa que determina a diferença de tratamento que deve ser dada, o autor faz da obra algo atado à realidade objetiva, considerando a heterogeneidade das situações e a necessidade de ajustes pertinentes para que se possa atingir a realidade a ser analisada.
Importante é a visão que o livro apresenta ao considerar a relatividade dos dados informados e o risco que possam encerrar, em uma época em que a debilidade científica de normas que se denominam como internacionais terminam por não tornar confiável o demonstrado contabilmente, especialmente no campo do questionável e criticável “valor justo” (grave risco para as análises).
Procura esta obra fazer com que o leitor não confie de forma absoluta nas informações publicadas ou apresentadas, evocando, por inferência, a necessidade do aprofundamento em exames adicionais para que possam abranger o vasto complexo de aspectos que envolvem as demonstrações contábeis, inclusive as relativas aos entornos do capital.
Segue, pois, algumas diretrizes axiomáticas semelhantes às desenvolvidas pelas doutrinas do Neopatrimonialismo Contábil, mas, com uma personalidade intelectual própria que se discrepa em alguns poucos pontos não autoriza, todavia, dissentir em “lato sensu” sobre a liberdade de expressão do nobre autor, esta tão respeitável; poucos estudiosos conhecem há tanto tempo as minhas obras como Díaz Llanes, pela dedicação que sempre teve aos estudos científicos da Contabilidade por mim desenvolvidos já há mais de cinco décadas.
O rigor objetivo com que esta obra trata das dimensões do capital em transformação (causa, efeito, tempo, espaço, qualidade e quantidade) quando sob análise é, todavia, por realista, deveras respeitável e um ponto alto do trabalho.
As relações lógicas essenciais, dimensionais e de continentes da riqueza patrimonial merecem tal cuidado por parte do emérito autor que raramente em uma obra de análise de situações tal cuidado é seguido com tamanho zelo.
Não bastassem todas essas magníficas diretrizes e o mestre Miguel Díaz Llanes ainda tem o mérito de acrescentar idéias, contestações e procedimentos próprios, pois, representam uma forma particular de ver; sempre admirei quem expõe idéias mesmo contra o tradicional, mas, feito de forma sincera, sem intenções de maquinações ou objetivos maliciosos, sem a leviandade que por prática fez de normatizações veículos para ensejar ocultações e maquilagens; refiro-me às lacunas que agasalharam ativos podres e fantasias lucrativas, essas corresponsáveis pela crise mundial financeira da atualidade, escrevendo páginas indecorosas na história da profissão contábil.
O autor pretendeu contribuir para a evolução apresentando sugestões sobre novos aspectos sob os quais observa a Liquidez, Solvência, Rentabilidade e Massa Patrimonial, ressaltando a importância da “dinâmica” como condição essencial para o bom entendimento da situação das empresas.
Importante louvar, ainda, várias associações feitas entre a prática e a teoria, de modo a levar o conhecimento analítico contábil ao alcance de todos.
É fácil entender que a obra de Díaz Llanes visa mais o sentido de natureza prática, evitando aprofundamentos doutrinários, sem, todavia, deixar de enforcar a ligação que possuem tais aspectos, o que torna a obra um autêntico manual para os que desejam uma introdução competente em tal tecnologia.
Pretende o exposto na obra ter caráter inovador e apresenta razões próprias para isso, tangendo tradicionais conceitos como os relativos a “fixo” e “circulante”.
As questões epistemológicas que o autor modifica sob o ângulo de seus pensamentos são ofertas à reflexão e prendem-se ao estilo escolhido para desenvolver o tema.
O professor Miguel Díaz Llanes produziu um livro com seriedade, pleno de intenções sadias cuja dignidade é merecedora de meu maior reconhecimento.

Antônio Lopes de Sá

Volver al índice

Enciclopedia Virtual
Tienda
Libros Recomendados


1647 - Investigaciones socioambientales, educativas y humanísticas para el medio rural
Por: Miguel Ángel Sámano Rentería y Ramón Rivera Espinosa. (Coordinadores)

Este libro es producto del trabajo desarrollado por un grupo interdisciplinario de investigadores integrantes del Instituto de Investigaciones Socioambientales, Educativas y Humanísticas para el Medio Rural (IISEHMER).
Libro gratis
Congresos

4 al 15 de diciembre
V Congreso Virtual Internacional sobre

Transformación e innovación en las organizaciones

11 al 22 de diciembre
I Congreso Virtual Internacional sobre

Economía Social y Desarrollo Local Sostenible

Enlaces Rápidos

Fundación Inca Garcilaso
Enciclopedia y Biblioteca virtual sobre economía
Universidad de Málaga