BIODIESEL NO BRASIL EM TRÊS HIATOS: SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL, EMPRESAS E LEILÕES. 2005 A 2012.

Hugo Rivas de Oliveira
José Eustáquio Canguçu Leal
Yolanda Vieira de Abreu

Analise Final das Estratégias Competitivas Mais Utilizadas pelas Dez Maiores Empresas de Biodiesel em 2010.

Foram analisados as estratégias competitivas que levaram as empresas a se destacarem entre as dez primeiras empresas de Biodiesel no ranking da ANP (2010), nos leilões de biodiesel no Brasil.

4.1 Resumo e comentários sobre a pontuação geral das dez maiores empresas de biodiesel nas estratégias genéricas competitivas de diferenciação, liderança de custo e enfoque.

Na tabela 4.1 pode ser observado o resumo total das pontuações em ordem decrescente das características gerais observadas em cada empresa, listadas no ranking da ANP das dez maiores produtoras de biodiesel no ano de 2010.

Tabela 4.1 Resumo total da pontuação das empresas


Empresa

Total Pontuado

Petrobrás

270

Bsbios

255

Brasilecodiesel

240

Granol

225

Caramuru

225

ADM

215

Oleoplan

215

JBS

215

Fiagril

195

Biocapital

190

Fonte: Elaboração própria.

A empresa Petrobrás teve pontuação de acordo com a metodologia desenvolvida para este estudo de 270 pontos em 300 pontos possíveis, sendo a primeira colocada na totalização das vantagens genéricas competitivas e se destacou nos quesitos de diferenciação e enfoque. A empresa BSbios obteve pontuação de acordo com a metodologia utilizada de 255 pontos dos 300 pontos possíveis, sendo a segunda melhor empresa na totalização das vantagens genéricas competitivas. Destacou-se em liderança de custo como a melhor dentre as demais. A empresa Brasilecodiesel obteve pontuação de acordo com a metodologia utilizada 240 pontos dos 300 pontos possíveis.

Para Chesnais (1996) as empresas se concentram em regiões onde já estejam implantadas companhias análogas, onde as instituições sejam fortes, e que tenha disponíveis; tecnologia, mão-de-obra qualificada, financiamento e boas perspectivas de mercado.

A empresa Brasilecodiesel pioneira na produção de biodiesel no Brasil expandiu-se de forma agressiva nos últimos anos para vários estados brasileiros, essa estratégia de se estabelecer em várias regiões do país não foi benéfica para as contas da empresa, com isso não conseguiu atender as exigências do mercado e de seus fornecedores. De acordo com Fusco (2002), as empresas estão inseridas é um contexto de mudanças, em um ambiente de competição extremada, a cooperação entre clientes, empresa e fornecedores é de importante para a elaboração de estratégias de negócios.

A Granol apesar de líder em produção obteve desempenho médio e equilibrado nas estratégias competitivas de acordo com a metodologia utilizada, obtendo para cada uma das estratégias (Diferenciação, Liderança de Custo e Enfoque) um total de 75 pontos, porém não sendo significativo para apontar vantagem competitiva em nenhuma estratégia genérica. Porém, o fato de ser a empresa que apresenta um equilíbrio em todas as estratégias competitivas é possível dizer que a Granol está preparada para dar um salto de qualidade e quantidade e se manter na ponta em produção como líder de mercado. Contudo, de acordo com Porter (1986), tentar ser se destacar nos três quesitos de estratégia poderá levar a empresa a ter problemas no longo prazo, uma vez que não se destaca em nenhum deles.

A empresa Caramuru obteve pontuação de acordo com a metodologia utilizada obtendo o somatório geral de 225 pontos em 300 pontos possíveis, não sendo destaque em nenhuma das estratégias genéricas competitivas. Porém, esta ocupa a quinta posição de pontuação. Ao se analisar esta empresa com mais detalhes, verifica-se que conseguiu esta posição devida seu desenvolvimento em logística na movimentação de matérias primas, estruturas modernas de armazenamento e o relacionamento com produtores rurais.

A empresa ADM no total de pontuação em relação à estratégia, de acordo com a metodologia desenvolvida por este estudo obteve um total de 215 pontos em 300 pontos possíveis. Para a estratégia genérica competitiva de enfoque a empresa alcançou 90 pontos, posicionando-se entre as que obtiveram maior pontuação neste requisito. É uma empresa multinacional que se destacou no crescimento da produção ao longo dos anos de 2006/2010 e na participação percentual de mercado, e de acordo com Chesnais (1996), a empresa multinacional obtém vantagens competitivas através das economias de escala, conhecimento do mercado mundial, economias de transação e acesso as sinergias industriais. (tabela 3.1)

A empresa Oleoplan obteve pontuação de acordo com a metodologia utilizada à somatória geral de 215 pontos em 300 pontos possíveis, não sendo destaque nos primeiros lugares em nenhuma das estratégias genéricas competitivas. Mesmo não obtendo vantagem competitiva em relação à concorrência a empresa concentra sua produção em uma única unidade produtiva e com isso é possível controlar melhor custos industriais e administrativos, tendo a rede de fornecedores próxima á indústria.

A empresa JBS obteve pontuação de acordo com a metodologia utilizada o somatório geral de 215. Sendo que a maior pontuação obteve no quesito liderança de custo 80 pontos. Apesar do potencial de diferenciação por usar na produção do biodiesel o sebo animal, oriundo dos frigoríficos pertencentes ao grupo, não está entre as primeiras de destaque neste quesito e nem nos demais.

A empresa Fiagril obteve pontuação de acordo com a metodologia utilizada o somatório geral de 195, seguida da empresa Biocapital com 190 pontos, são as que obtiveram menos pontos de estratégia entre as dez maiores empresas segundo a lista por produção da ANP (2010).

Volver al índice

Enciclopedia Virtual
Tienda
Libros Recomendados


1647 - Investigaciones socioambientales, educativas y humanísticas para el medio rural
Por: Miguel Ángel Sámano Rentería y Ramón Rivera Espinosa. (Coordinadores)

Este libro es producto del trabajo desarrollado por un grupo interdisciplinario de investigadores integrantes del Instituto de Investigaciones Socioambientales, Educativas y Humanísticas para el Medio Rural (IISEHMER).
Libro gratis
Congresos

9 al 23 de octubre
VI Congreso Virtual Internacional sobre

Arte y Sociedad: Paradigmas digitales

16 al 30 de octubre
II Congreso Virtual Internacional sobre

Migración y Desarrollo

1 al 15 de noviembre
II Congreso Virtual Internacional sobre

Desigualdad Social, Económica y Educativa en el Siglo XXI

4 al 15 de diciembre
V Congreso Virtual Internacional sobre

Transformación e innovación en las organizaciones

11 al 22 de diciembre
I Congreso Virtual Internacional sobre

Economía Social y Desarrollo Local Sostenible

Enlaces Rápidos

Fundación Inca Garcilaso
Enciclopedia y Biblioteca virtual sobre economía
Universidad de Málaga