BIBLIOTECA VIRTUAL de Derecho, Economía y Ciencias Sociales

ESTUDO SOBRE DETERMINAÇÃO DE PONTOS OTIMOS PARA LOCALIZAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE USINAS DE BIODIESEL NO ESTADO DO TOCANTINS

Karyn Siebert Pinedo



Esta página muestra parte del texto pero sin formato.

Puede bajarse el libro completo en PDF comprimido ZIP (150 páginas, 3.31 Mb) pulsando aquí

 

 

4.4. Observação Geral sobre os cenários descritos

Os cenários acima descritos podem ser utilizados separadamente ou em conjunto segundo o interesse do investidor. Se decidir privilegiar o item modal de transporte, os investidores, poderão optar pelo primeiro cenário, se decidir dar mais atenção a zona de consumo e a atividade econômica do local deve optar pelo segundo cenário, porém se decidir considerar todas estás variáveis deve-se valorar mais o cenário geral, no qual todas as variáveis anteriores foram incluídas.

Faz-se necessário acrescentar que alguns municípios com potencial para receber a implantação da usina não foram destaques no resultado do modelo. Como exemplo, pode-se citar a cidade de Pedro Afonso que, mesmo não estando perto dos modais de transporte, é grande produtora de matéria-prima para produção de biodiesel. Esse potencial inclui oleaginosas, sebos e etanol, o que isenta a utilização de transporte de longa distância para recebimento da matéria-prima. Apresenta-se, também, como zona de consumo em destaque, uma vez que em seu território existe produção em larga escala de produtos agrícolas e que necessitam de combustível para seus tratores, maquinas equipamentos e outros.

No modelo matemático, a cidade de Pedro Afonso não se destacou como zona de consumo porque foram computados os dados demográficos e não industriais. Para implantação de usinas foi computada a distância da cidade em relação aos modais quando dois pontos ótimos com potenciais de produção de oleaginosas, sebos e outras matérias estão muito próximas. Este é o caso de Pedro Afonso que, mesmo tendo a matéria-prima, ficava distante dos modais e com dificuldade de distribuição.

Outra cidade a ser justificada por não ter sido escolhida é Gurupi, uma vez que está perto da rodovia e tem grande potencial para ser zona de consumo. No modelo optou-se por escolher a cidade de Formoso do Araguaia, por esta ter acesso à matéria-prima em abundância e ainda estar muito perto de Gurupi, podendo assim usufruir tanto do acesso à matéria-prima quanto ao acesso à zona de consumo.

Paraíso não foi considerado em nossa analise pelo motivo que o município foi escolhido para ser zona de consumo. Paraíso do Tocantins mesmo não sendo foco de nossa analise para ser um município de instalação de uma usina, ela representa um potencial considerado para implantação. O município que foi considerado para substituir Paraíso do Tocantins foi Caseara por possuir matéria-prima disponível e estar próximo a Paraíso.

Palmas, não foi considerado pelo motivo de um dos objetivos a serem atendidos seria a descentralização do produto. Como a quantidade proposta para fabricação semanal é de 10.000 mil litros, Palmas necessitariam seis usinas para que pudesse ser abastecida. Assim, Palmas foram consideradas como um município com grande potencial de zona de consumo.


Grupo EUMEDNET de la Universidad de Málaga Mensajes cristianos

Venta, Reparación y Liberación de Teléfonos Móviles
 
Todo en eumed.net:

Congresos Internacionales


¿Qué son?
 ¿Cómo funcionan?

 

15 al 29 de
julio
X Congreso EUMEDNET sobre
Turismo y Desarrollo




Aún está a tiempo de inscribirse en el congreso como participante-espectador.


Próximos congresos

 

06 al 20 de
octubre
I Congreso EUMEDNET sobre
Políticas públicas ante la crisis de las commodities

10 al 25 de
noviembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Migración y Desarrollo

12 al 30 de
diciembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Economía y Cambio Climático

 

 

 

 

Encuentros de economia internacionales a traves de internet


Este sitio web está mantenido por el grupo de investigación eumednet con el apoyo de Servicios Académicos Internacionales S.C.

Volver a la página principal de eumednet