BIBLIOTECA VIRTUAL de Derecho, Economía y Ciencias Sociales


INFRA-ESTRUTURAS EM ENERGIA E TRANSPORTES E CRESCIMENTO ECONÔMICO NA CHINA

Elias Marco Khalil Jabbour



Esta página muestra parte del texto pero sin formato.

Puede bajarse el libro completo en PDF comprimido ZIP (209 páginas, 1.40 Mb) pulsando aquí

 

 

II.5.2 – Características e princípios das corporações

 

Chegamos à conclusão de que as corporações petrolíferas foram formadas de acordo com três princípios:

1-Separar as funções do governo, das funções empresariais: fazendo com que as próprias corporações assumam todos os estágios referentes ao manejo financeiro. As funções governamentais dos dois grupos foram transferidas à Comissão Estatal de Economia e Comércio, entidade supervisora da produção e comércio no país.

2-Manter as vantagens econômicas e competir de forma ordenada: a Corporação Nacional de Petróleo e Gás Natural dedica-se principalmente à exploração e à extração de petróleo e gás natural, ao mesmo tempo em que tem participação nos negócios petroquímicos.

Já a Corporação Nacional Petroquímica da China dedica-se especialmente ao desenvolvimento da indústria petroquímica e secundariamente à exploração e desenvolvimento de recursos em gás e petróleo.

3-Combinar a produção e o comércio interno e externo: leia-se controlar a produção de acordo com os interesses chineses, mapear mercados externos e firmar parcerias com países estrangeiros.

Vale a pena comentarmos que as fusões e aquisições no setor prescrevem antes de tudo que tais empresas têm de se basear nas forças do mercado, usar o capital como vínculo para terem condições de se converter em grupos industriais com operações trans-regionais, multinacionais, interempresariais e de diversos tipos de propriedades orientadas, sobretudo em seus papéis no desenvolvimento local e nacional e de cumprir tarefas agressivas no mercado internacional.

Sobre essas duas empresas, sabemos que atualmente controlam cerca de 70% das reservas de petróleo e gás natural da China. Em 2001, eram capazes de refinar 200 milhões de ton de óleo cru ao ano, ou 61% da capacidade nacional; seus ativos ultrapassam a casa de US$ 80 bilhões e suas vendas anuais em 2002 superaram a marca de US$ 40 bilhões 119.

Já a Corporação Nacional de Petróleo e Gás Natural se encontra entre as 50 maiores empresas do mundo, e entre as 10 que mais possuem reservas e produzem petróleo e gás natural.

Acompanhando essa “onda”, o governo central passou a incentivar fusões e aquisições, no sentido de dar maior agilidade e musculatura ao setor. Citaremos a seguir os casos de maior destaque, devido aos valores e às empresas envolvidas.

Em 1998, a Corporação Nacional Petroquímica da China obteve US$ 25 bilhões em vendas, com aumento verificado de 9,6% em relação a 1997, e alcançou a cifra de US$ 5 bilhões em arrecadação tributária. Houve, ainda em 1998, outro recorde: na produção de bens econômicos e índices tecnológicos ao processar 124,3 milhões de ton de óleo cru, com aumento de 6% em relação ao ano anterior. Produziu também 69,05 milhões de ton de gasolina, diesel, querosene e lubrificantes, com um aumento de 5,39%; 2,75 milhões de ton de acetileno, com aumento de 12% e 6,1 milhões de ton de uréia, com um aumento de 4,87% 120.

A empresa assim se colocou em condições, tanto operacionais quanto financeiras, de partir para aquisições. Abaixo segue a lista:

- Em 1998, a Corporação fundiu a Corporação Petroquímica Yangzi e a Corporação Petroquímica Jinling com a fábrica de fibras químicas Yizheng e a Companhia Petroquímica de Jiangzu, criando uma subsidiária de nome Grupo Petroquímico Donglian, com ativos totais de US$ 5,5 bilhões.

- Em 1999, a Companhia Petroquímica Qili, subsidiária da Corporação Nacional Petroquímica da China, absorveu duas empresas da cidade de Zibu, com ativos que chegam a US$ 500 milhões.

- A 19 de dezembro de 1999, ocorreu a fusão da Corporação de Fibras Químicas Yizheng com a Corporação Petroquímica Yangzi e o Consórcio Petroleiro da Província de Jiangsu, gerando o Grupo Petroquímico Oriental da China – organização subordinada diretamente ao Conselho de Estado.

Anteriormente tais companhias encontravam-se subordinadas a diferentes departamentos administrativos, tornando difíceis a cooperação e a coordenação. Tais fusões cumpriram papel de vanguarda na orientação e desenvolvimento econômico local da província de Jiangsu 121.


Grupo EUMEDNET de la Universidad de Málaga Mensajes cristianos

Venta, Reparación y Liberación de Teléfonos Móviles
Enciclopedia Virtual
Biblioteca Virtual
Servicios
 
Todo en eumed.net:

Congresos Internacionales


¿Qué son?
 ¿Cómo funcionan?

 

15 al 29 de
julio
X Congreso EUMEDNET sobre
Turismo y Desarrollo




Aún está a tiempo de inscribirse en el congreso como participante-espectador.


Próximos congresos

 

06 al 20 de
octubre
I Congreso EUMEDNET sobre
Políticas públicas ante la crisis de las commodities

10 al 25 de
noviembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Migración y Desarrollo

12 al 30 de
diciembre
I Congreso EUMEDNET sobre
Economía y Cambio Climático

 

 

 

 

Encuentros de economia internacionales a traves de internet


Este sitio web está mantenido por el grupo de investigación eumednet con el apoyo de Servicios Académicos Internacionales S.C.

Volver a la página principal de eumednet