Economistas

A - B - C - D - E- F - G - H - I-J-K - L - M - N-O - P - Q - R - S - T-U - V-W - X-Y-Z

Armando de Castro ( 1918-1999 )

Licenciado em Ciências Jurídicas (1941) e em Ciências Polítio-Económicas (1942) pela Universidade de Coimbra, foi posteriormente bolseiro do Instituto de Alta Cultura.

Armando de CastroJubilou em 1988. Em 1965, à sua obra foi atribuído o Grande Prémio Nacional de Ensaio, pela Sociedade Portuguesa de Escritores.

Economista, historiador e sociólogo, viu-se, por razões políticas, impedido de prosseguir a carreira académica, pelo que teve de exercer a advocacia até à queda do regime ditatorial salazarista. Nunca pensou em emigrar por entender que o seu lugar era no seu País. Os seus estudos sociais, históricos e económicos visavam fundamentalmente a compreensão da realidade portuguesa. Porém, durante muitos anos, nem sequer lhe era permitido o acesso às bibliotecas das Faculdades.

Dedicou-se fundamentalmente à Economia Política, História Económica, História do Pensamento Económico, bem como à Epistemologia e Gnosiologia. Em Economia Política, trabalhou alguns dos temas mais árduos dos seus fundamentos teóricos, no tratamento sistemático da teoria do valor e da inflação. Ao estudar os fundamentos da Economia Política interroga-se sobre os rumos da investigação a fazer, avançando teses originais, desbravando matérias nunca antes estudadas, ensaiando novos modelos e metodologias de estudo. Os seus trabalhos são um exemplo de criatividade, de audácia e de rigor.

A sua principal obra "A Evolução Económica de Portugal dos Séculos XII a XV", além de relevante pelo pormenor com que nos dá a conhecer a economia medieval portuguesa, integra um completo "Tratado de Ciência Económica" onde se definem com rigor as principais categorias, se formulam leis económicas gerais e específicas, se desenvolve em profundidade a teoria do valor. São particularmente desenvolvidos capítulos sobre a renda, os meios de produção, as classes sociais, as relações económicas e sociais. Toda a exposição teórica é comprovada na prática com a descrição pormenorizada dos factos históricos.

Enciclopedia y Biblioteca Virtual de las Ciencias Sociales, Económicas y Jurídicas Economistas